O FC Porto, terceiro na Liga portuguesa de futebol, goleou hoje o Coimbrões, do Campeonato de Portugal, por 5-0 e apurou-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Luiz Diaz, aos seis e 68 minutos, Soares, aos oito, Mbemba, aos 12, e Fábio Silva, aos 81, anotaram os golos da vitória portista frente à equipa do terceiro escalão português.

O jogo ficou marcado pelo facto de Fábio silva se ter tornado no mais jovem de sempre a marcar pelo FC Porto, com 17 anos e três meses, superando Ruben Neves, que se estreou a marcar com 17 anos, cinco meses e três dias.

Enquanto os ‘dragões’ seguem em frente, juntando-se ao Benfica, a terceira ronda regista a eliminação do Sporting, detentor do troféu, que perdeu na quinta-feira no terreno do Alverca, do Campeonato de Portugal, por 2-0, e ainda mais quatro vítimas do escalão principal: Vitória de Guimarães, Tondela, Desportivo das Aves e Portimonense.

RESUMO DO JOGO

Académica vence Portimonense e afasta algarvios da Taça de Portugal

A Académica, da II Liga, eliminou hoje o Portimonense na terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao derrotar a formação da primeira Liga por 2-1, em Coimbra.

O coreano Hwang Mun-ki, aos 53 minutos, deu início à surpresa, o colombiano Jackson Martinez, aos 88, igualou a contenda e deixou no ar a possibilidade de prolongamento, desfeita quase de imediato, quando o camaronês Donald Djousse, apenas um minuto depois, recolocou os ‘estudantes’ na frente.

Depois da eliminação do Sporting, detentor do troféu, que perdeu na quinta-feira no terreno do Alverca, do Campeonato de Portugal, por 2-0, a terceira ronda já fez mais quatro vítimas no escalão principal: Vitória de Guimarães, Tondela, Desportivo das Aves e Portimonense.

Desportivo das Aves eliminado da Taça de Portugal ao ser goleado pelo Farense

O Farense, da II Liga, eliminou hoje o Desportivo das Aves da Taça de Portugal em futebol, ao golear em Faro a formação da I Liga por 5-2, em jogo da terceira ronda.

A formação algarvia cedo começou a construir o triunfo, com o golo do brasileiro Fabrício Simões, aos 14 minutos, jogador que ‘bisou’ aos 37, enquanto o seu compatriota Cassio Scheid, aos 45+1, levou a sua equipa a vencer por três golos de diferença ao intervalo.

Os avenses ainda esboçaram uma reação no arranque da segunda metade, com um tento do brasileiro Wellinton Júnior, aos 47, mas o polaco Adam Dzwigala, aos 54, e o brasileiro Fabrício Santos, aos 63, acabaram com qualquer aspiração da equipa visitante, que amenizou a goleada aos 88, igualmente por Wellinton Júnior.

Feirense vence e deixa Tondela fora da Taça de Portugal

O Feirense, da II Liga, afastou hoje o Tondela na terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao vencer a equipa do primeiro escalão, em casa, por 3-0.

Fábio Espinho, aos três minutos, Fati, aos 45+1, e Christian, aos 69, fizeram os golos que colocaram a equipa de Santa Maria da Feira na quarta ronda, num jogo que o Tondela terminou reduzido a 10 unidades, devido à expulsão de Pité por acumulação de cartões amarelos, aos 78.

Depois da eliminação do Sporting, detentor do troféu, que perdeu na quinta-feira no terreno do Alverca, do Campeonato de Portugal, por 2-0, a terceira ronda já fez mais três vítimas no escalão principal: Vitória de Guimarães, Tondela e Desportivo das Aves.

Vitória de Guimarães eliminado da Taça de Portugal pelo Sintra Football

O Sintra Football afastou hoje o Vitória de Guimarães na terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao derrotar em casa a equipa da I Liga, por 4-2, nos penáltis, após o 1-1 registado no prolongamento.

Elvis inagurou o marcador, aos 68 minutos, a favor da equipa do Campeonato de Portugal, terceiro escalão, mas Davidson igualou, aos 86, forçando um prolongamento, no qual nenhuma das equipas conseguiu desfazer o empate.

Nos pontapés da marca de grande penalidade, a equipa de Sintra concretizou os seus quatro remates, enquanto João Teixeira e Marcus Edwards falharam as suas tentativas e abriram caminho à qualificação do adversário para a quarta eliminatória.

Belenenses SAD continua na Taça de Portugal após vitória ‘segura’ sobre o Pevidém

O Belenenses SAD apurou-se hoje para a quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, após o triunfo no terreno do Pevidém por 2-0, num jogo da terceira eliminatória em que foi melhor, apesar da réplica adversária.

Depois de uma primeira parte equilibrada na maior parte do tempo, a formação da I Liga portuguesa adiantou-se no marcador aos 44 minutos, num lance em que Robinho marcou de calcanhar à segunda tentativa, após defesa de André Preto, e garantiu a segunda vitória oficial da época aos 72, quando Licá, isolado, atirou ao poste da baliza minhota, mas concretizou na recarga.

Debaixo de chuva intensa em São Jorge de Selho, freguesia do concelho de Guimarães também designada de Pevidém, o líder da Pró-Nacional, campeonato principal da Associação de Futebol de Braga, equilibrou o duelo com o Belenenses SAD nos 20 primeiros minutos, marcados pelas lutas a meio-campo em cada duelo, mas pela falta de ocasiões de perigo.

A partir daí, com a chuva a dissipar-se, a formação lisboeta ’empurrou’ o jogo na direção da baliza pevidense e chegou à vantagem perto do intervalo, por Robinho, já depois de quase ter marcado num cabeceamento de Totas na direção da própria baliza, defendido por André Preto (25 minutos), e num remate de Licá, travado pelo guarda-redes anfitrião (39).

Sem tempo de reagir ao tento sofrido na primeira parte, a turma vimaranense subiu no terreno mais vezes após o intervalo e conseguiu mesmo uma série de cruzamentos para a área contrária, embora sem criar qualquer situação clara de golo.

Já o 16.º classificado da I Liga desperdiçou a primeira ocasião flagrante do segundo tempo, quando Robinho, assistido por Silvestre Varela, rematou por cima da baliza, no ‘coração’ da área, aos 54 minutos, mas não a segunda, com Licá a aproveitar um passe errado de Emanuel para se isolar e sentenciar a partida.

Nos 10 minutos finais, Mateo Cassierra e Tomás Ribeiro ainda desperdiçaram a hipótese de fazerem o terceiro golo para a equipa de Pedro Ribeiro.