Exposição realizada pelo Museu Hebraico “Uma Chama no Coração” em Alenquer

A exposição “Uma Chama no Coração”, realizada pelo Museu Hebraico Sahar Hassamaim em parceria com o Museu Hebraico de Belmonte, contou com 26.500 visitantes e vai estar patente em Alenquer a partir de amanhã e até julho.
Trata-se de uma mostra com peças oriundas da antiga Sinagoga de Ponta Delgada, datadas entre o século XIX e início do século XX, muitas delas vindas da Comunidade Sefardita do Reino de Marrocos.
A exposição será inaugurada esta sexta-feira no Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição, em Alenquer, onde estará patente até julho.

Esta sexta-feira terá também lugar uma conferência de José de Almeida Mello, responsável pela Sinagoga de Ponta Delgada, intitulada ” Uma Chama no Coração” e que irá abordar a história da antiga Colónia Hebraica daquela cidade.
As duas exposições são o resultado de parcerias institucionais entre a Câmara Municipal de Ponta Delgada, a Câmara Municipal de Belmonte, bem como com a Câmara Municipal de Alenquer.