Pub

No próximo dia 15 de outubro, às 18h00, terá lugar no convento de Santo António, na freguesia de Santa Cruz, a inauguração da exposição de fotografia intitulada “Floresta Virgem”, da autoria de Alberto Plácido.

Esta exposição ficará patente até ao dia 17 de dezembro de 2021, no horário de funcionamento da Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira, mais precisamente de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.

A Câmara Municipal de Lagoa, através do Museu de Lagoa-Açores, tem vindo a promover, anualmente, uma grande exposição de fotografia, divulgando diversas expressões artísticas, com conteúdo, suportes e materialidades diferentes daqueles associados às artes ditas tradicionais.

Nesta exposição, Alberto Plácido recorre a fotografias de grande escala, estruturando uma narrativa que nos leva a reinterpretar a própria ideia de paisagem.
Alberto Plácido, apesar de ter nascido fora do arquipélago açoriano em 1965, reside nos Açores, e através da criação de imagens, explora os limites da linguagem fotográfica, numa busca artística em prol do conceito de “paisagem”.

Pub

Dos vários projetos do artista, destacam-se: “TEMPO” no âmbito de Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012; “Casa de Sonhos”, Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura e c.p.f. (Centro Português de Fotografia); “ECO” (Centro Cultural Tecla Sala e galeria EspaiB em Barcelona); “Red Line – Beyond the Borders” em Kaunas, Lituânia; “Paisagem em Movimento” numa parceria com o arq. Nuno Brandão Costa, Porto; “Costa” no Centro Emmerico Nunes em Sines; “Inscape” na galeria Bartolomeu 5, em Lisboa; “Solite Insolite” na IV Bienal de Arte Contemporânea em Nimes, França.

Pub