Exposição de Alberto Plácido inaugurada dia 19 na Sala do Forno do CMC

A exposição de Alberto Plácido, intitulada “Horizonte”, vai ser inaugurada a 19 de setembro, às 18h30, na Sala do Forno do Centro Municipal de Cultura (CMC) de Ponta Delgada.

Patente de 20 de setembro a 31 de outubro, a mostra fotográfica poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 17h00, e aos sábados das 14h00 às 17h00.

Alberto Plácido é o terceiro artista cujo trabalho é apresentado no âmbito do ciclo de exposições intitulado Sobre Papel, que ocupa a Sala do Forno no ano em curso.

O artista reúne quatro fotografias com dimensões de 100x150cm. e cada uma delas apresenta uma possibilidade diferente de reorganização de 25 imagens do céu da Atalhada, ilha de São Miguel, nos primeiros 20 minutos das 20 horas do dia 14 de Maio de 2019.

Nas quatro montagens, Alberto Plácido propõe a recuperação do espaço captado pela objetiva fotográfica – o espaço do horizonte – através da sua reconstrução temporal. Espaço e tempo são os dois temas que se atravessam neste trabalho.

Nascido em 1965, Alberto Plácido tem pautado a sua carreira por uma busca artística pela reconstrução e confronto com o conceito de “paisagem”, através da criação de imagens, explorando os limites da linguagem fotográfica e recorrendo a meios conducentes a uma forte ligação entre o público e a sua obra.
Entre os seus projetos figuram “TEMPO” no âmbito de Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012; “Casa de Sonhos”, Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura e c.p.f. (Centro Português de Fotografia); “ECO” (Centro Cultural Tecla Sala e galeria EspaiB em Barcelona); “Red Line – Beyond the Borders” em Kaunas, Lituânia; “Paisagem em Movimento” numa parceria com o arquiteto Nuno Brandão Costa, Porto; “Costa” no Centro Emmerico Nunes em Sines; “Inscape” na galeria Bartolomeu 5, em Lisboa; “Solite Insolite” na IV Bienal de Arte Contemporânea em Nimes, França.