Pub

“Houve um equívoco de comunicação”, declarou o socialista, depois de o titular das Finanças do novo executivo açoriano, Joaquim Bastos e Silva, ter dito aos jornalistas que se reuniu com o chefe de gabinete do antigo vice-presidente do executivo do PS, mas que Sérgio Ávila não compareceu no encontro.

De acordo com Ávila, houve um “entendimento de que seria uma reunião entre chefes de gabinete”, sendo que, no caso do Emprego, outra área que era por si tutelada, houve uma reunião direta com o novo titular da pasta, Duarte Freitas, prova da “disponibilidade total” do antigo governante socialista para fazer a transição das suas pastas.

“Não estou a atribuir responsabilidades a ninguém”, acrescentou ainda, reiterando desejar um “processo consensual, construtivo e transparente” em prol dos Açores.

O novo Governo Regional dos Açores, liderado por José Manuel Bolieiro, do PSD, tomou posse na terça-feira perante a Assembleia Legislativa da região, na cidade da Horta.

O líder do CDS na região, Artur Lima, é o vice-presidente do novo executivo.

Com a entrada em funções, o novo executivo tem agora 10 dias para entregar à Assembleia Legislativa o programa de Governo.