“É um espetáculo único. São cerca de 20 cavalos e o espetáculo tem como protagonista o Filho do Vento, que conta a história da sua vida, evidenciando a versatilidade do cavalo lusitano”, explicou hoje à agência Lusa André Ponces de Carvalho, que tem a seu cargo a direção técnica do evento.

Designado “Lusitana Paixão – Galope Atlântico”, o espetáculo, de entrada gratuita, é promovido pela Câmara Municipal de Ponta Delgada, em parceria com a Associação Equestre Micaelense.

Segundo André Ponces de Carvalho, o espetáculo, que se inicia pelas 21:00 locais (mais uma hora em Lisboa) no Parque Urbano, terá “a duração de cerca de 75 minutos” e “é a primeira vez que sai do continente”.

O “Lusitana Paixão – Galope Atlântico” foi criado para a apresentação oficial da Fundação Alter Real na Feira Nacional do Cavalo (Golegã) em 2007, tendo sido, entretanto, adaptado.

O espetáculo tem desde cavalos iluminados, até à interação com números de fogo, e ainda a participação de alunos e técnicos de equitação da Associação Equestre Micaelense, assim como a participação da cantora Vânia Dilac, adiantou ainda.

André Ponces de Carvalho sublinhou que o público vai ser presenteado com performances artísticas e momentos que permitem observar “a beleza” dos cavalos lusitanos, num evento que “mostra a cultura da raça Puro Sangue Lusitana”.

“O ator principal e o cavalo lusitano nas sua diferentes facetas, a sua nobreza, a sua expressão”, realçou, descrevendo que o evento retrata “a vida do cavalo lusitano desde o seu nascimento até à sua morte”.

Esta, segundo salientou, “é uma história contada pelo cavalo”, retratando “o maneio e a equitação portuguesa”, dois aspetos da cultura do nosso país

O puro-sangue lusitano é uma raça de cavalos com origem em Portugal. É o cavalo de sela mais antigo do mundo.