Pub

A 45ª edição da Semana do Mar terminou no passado domingo.

Num balanço “extremamente positivo, fruto da avaliação que os residentes e os nossos visitantes têm feito das várias vertentes da festa”, o Presidente da Câmara Municipal da Horta enalteceu o empenho de todos os intervenientes.

“O sucesso desta festa é resultado do trabalho de todos os nossos parceiros, todos aqueles que colocaram de pé esta grande Semana do Mar, desde os trabalhadores da Câmara Municipal da Horta e da Urbhorta, a todas as instituições que integram a Comissão Organizadora da Semana do Mar, aos nossos comerciantes que aderiram também em grande força a este evento, e sobretudo à nossa população, pelo civismo demonstrado, e àqueles que nos visitaram”.

Carlos Ferreira destacou ainda a realização do maior festival náutico do país, com um agradecimento reforçado ao Clube Naval da Horta, que celebra este ano o seu 75º aniversário, considerando ser “parte da essência e pedra nuclear da Semana do Mar”. A par da festa no mar, o autarca destacou que foram 10 dias muito gratificantes e preenchidos também em terra, com a colocação, pela
primeira vez, de cinco palcos.

“Sendo a Semana do Mar uma festa de encontros e reencontros, o executivo considerou importante criar animação de forma articulada nos diversos espaços da festa e “dar palco” a todas as nossas filarmónicas, aos grupos de cantares, folclóricos e etnográficos, e às bandas faialenses que atuaram no Palco do Mar e que puderam apresentar o seu trabalho e a sua qualidade no maior evento realizado nesta ilha”.

Sobre a nova localização, Carlos Ferreira manifestou que “a população faialense e a esmagadora maioria das pessoas que estiveram na Semana do Mar gostaram dos espaços e da harmonia das diversas componentes”, e reconhece que há espaço para melhorias.

“Naturalmente há aspetos que podem e devem ser melhorados, nomeadamente quanto às estruturas de apoio. Nós procurámos este ano dar melhores condições às tasquinhas, e no próximo ano procuraremos ainda dar melhores condições aos restaurantes, ao nível das cozinhas. Dada a elevada ocupação do parque de campismo, pretendemos também reforçar as condições com a criação de uma zona de chuveiros”, adiantou o Presidente da Câmara, garantindo que “o Município e a Comissão Organizadora tudo farão para melhorar ainda mais as condições em 2023”.

A marcha oficial da Semana do Mar, interpretada por Carolina Dias, acompanhada pela Orquestra de Música Ligeira da Câmara Municipal da Horta, ditou o ponto final da 45ª edição da Semana do Mar, uma edição mais moderna e atrativa, dedicada a todas as faixas etárias.

Pub