Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O secretário regional adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias, garantiu hoje que o Plano do Governo para 2018, que será votado quinta-feira no Parlamento dos Açores, dá prioridade à juventude açoriana.

“Queremos que as associações juvenis sejam o epicentro da atividade e do desenvolvimento de boas políticas de juventude na nossa região”, disse o governante, que anunciou também um reforço dos apoios ao associativismo jovem, de forma a tornar a juventude açoriana “mais participativa, mais ativa e mais comprometida com o futuro da região”.

O governante, que falava na sede da Assembleia Legislativa dos Açores, reunida na Horta, ilha do Faial, no final da discussão das propostas de Plano e Orçamento para o próximo ano, deu também como exemplo desse apoio, a implementação, pela primeira vez na região, de um Orçamento Participativo Jovem.

Segundo explicou, trata-se de um mecanismo de participação cívica e ativa dos jovens do arquipélago que, integrado no Orçamento Participativo dos Açores, pretende assumir-se como um “importante instrumento de participação para a juventude açoriana”.

“Quem se diz a favor dos jovens, quem se diz ao lado dos jovens, quem se diz preocupado com o futuro dos jovens, terá, naturalmente, que apoiar este Plano de Investimentos e este Orçamento”, rematou Berto Messias, dirigindo-se aos partidos da oposição, que estão em minoria no parlamento regional.

O alargamento a todas as escolas da região do programa Labjovem (incentivo à criatividade e ao aparecimento de novos jovens criadores) e o lançamento de um plano formativo designado por “Academia J”, são outras medidas destinadas à juventude açoriana, previstas pelo Governo para 2018.

O secretário regional adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares realçou também a inauguração, prevista para o próximo ano, da Pousada de Juventude de Ponta Delgada, que ficará instalada num edifício “icónico” daquele concelho e que irá enriquecer a rede de infraestruturas e a oferta turística da região.

“Esta pousada é também um importante instrumento para servir a mobilidade interna dos jovens açorianos”, destacou Berto Messias, recordando que, a par do Cartão Interjovem, este investimento representa “um importante contributo para aumentar a coesão da região”.

Pub