Duarte Freitas diz que PSD/Açores não pode esperar que novo líder “resolva tudo”

O antigo líder do PSD/Açores Duarte Freitas advertiu este sábado que seria um “erro” se a estrutura esperasse que o novo presidente, José Manuel Bolieiro, resolvesse “tudo” e vencesse sozinho as eleições regionais deste ano.

“É um erro esperar que o José Manuel Bolieiro resolva tudo”, sustentou Duarte Freitas, sublinhando que é preciso um PSD/Açores unido para “ajudar à resolução dos problemas” dos açorianos.

O antigo líder e antigo candidato a presidente do Governo Regional falava na Madalena, no Pico, no 24.º Congresso do PSD/Açores, que se reúne até domingo na ilha do grupo central do arquipélago.

Duarte Freitas definiu o “algum comodismo que se foi instalando na sociedade açoriana” como o grande adversário do partido.

“Temos de ter isso em atenção para saber como é que vamos mudar as pessoas, fazê-las pensar que pode haver melhor”, analisou.

Depois, o social-democrata teceu elogios ao perfil político de Bolieiro, presidente da Câmara de Ponta Delgada, acrescentando que, a nível autárquico, o edil trata “todas as juntas de freguesia do concelho” por igual, ao passo que o Governo Regional, socialista, trata as juntas do PS “como filhas e as outras como enteadas”.

Duarte Freitas anunciou no verão de 2018 que iria sair da liderança do PSD/Açores, tendo sido substituído no cargo, no final desse ano, por Alexandre Gaudêncio, que agora dá o lugar a José Manuel Bolieiro.

O PSD/Açores reúne-se até domingo na ilha do Pico, no primeiro encontro magno dos sociais-democratas açorianos sob a liderança de José Manuel Bolieiro e com as eleições regionais deste ano como pano de fundo.

Na 24.ª reunião magna do PSD/Açores estão a ser debatidas várias propostas temáticas, bem como a moção global de estratégia “Confiança”, apresentada por Bolieiro, eleito presidente em dezembro último.

Alguns dos proponentes das propostas temáticas são a ex-eurodeputada do partido Sofia Ribeiro, o antigo secretário-geral do PSD/Açores António Almeida, o antigo candidato à liderança da estrutura Pedro Nascimento Cabral e a JSD do arquipélago, que, como estrutura, apresenta também um texto a debate.

Hoje, para além dos debates e votações das propostas temáticas, são também eleitos os novos órgãos regionais do partido, e, no domingo, pelas 12:00 (13:00 em Lisboa), haverá a sessão de encerramento do congresso.

José Manuel Bolieiro, vice-presidente de Rui Rio na direção nacional do PSD, foi eleito em dezembro líder do PSD/Açores, eleição para a qual era o único candidato, com 98,5% votos.