Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

A Diretora Regional dos Assuntos Europeu destacou, em Vila Franca do Campo, a importância da participação de todos, em particular dos jovens, no projeto europeu, sensibilizando-os para os valores da União Europeia.

Célia Azevedo, que falava segunda-feira numa sessão de esclarecimento promovida pela Escola Básica e Secundária, no âmbito da unidade de formação ‘Portugal e a Europa’, sublinhou a relevância de “vivermos integrados num projeto de paz duradoura e que se guia por direitos fundamentais como a liberdade, a democracia ou a existência de um Estado de Direito”.

Para a Diretora Regional, estes valores “estão presentes e são essenciais no dia-a-dia de qualquer cidadão, onde quer que se encontre, seja no arquipélago dos Açores ou noutra qualquer parte da Europa”, frisando que “é neles que se baseia a solidariedade europeia”.

Na sua intervenção, Célia Azevedo salientou ainda a relevância do estatuto de Região Ultraperiférica da UE, consagrado no Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, que permite que, “em benefício dos Açores e das oito restantes Regiões Ultraperiféricas, sejam adotadas medidas específicas”, de que é “exemplo emblemático” o POSEI – Programa de Opções Específicas para fazer face ao Afastamento e à Insularidade.

Por outro lado, Célia Azevedo abordou as diversas formas de participação dos Açores na Europa, como a presidência da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da Europa (CRPM), a participação na Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas (CPRUP), ser membro do Comité das Regiões (CdR) ou integrar a Assembleia das Regiões da Europa (ARE) e o Congresso dos Poderes Locais e Regionais da Europa (CPLRE).

Nesta sessão, a Diretora Regional fez um enquadramento sobre a história e funcionamento da União Europeia, passando pela sua missão, símbolos, os pais fundadores e os vários tratados, além de abordar o funcionamento e organização da UE, dos seus órgãos e instituições.

Sublinhando a importância da adesão de Portugal à então CEE, em 1986, Célia Azevedo recordou “o papel visionário” de José Medeiros Ferreira, “que cedo compreendeu a importância de fazermos parte de um espaço comum de segurança e de prosperidade”, salientando ainda, nos dias de hoje, “a importância da presença de portugueses, em geral, e Açorianos, em particular, nos vários níveis de decisão e de intervenção europeia”.

A sessão de esclarecimento, que contou com a participação de cerca de seis dezenas de alunos de quatro turmas da EBS de Vila Franca do Campo, visou aprofundar e debater com a Diretora Regional dos Asuntos Europeus alguns dos conceitos analisados em sala de aula.

Pub