Dia Municipal para a Igualdade é assinalado com calendário elaborado pelos alunos da EBI de Água de Pau

Em nome da Igualdade, a Lagoa irá realizar diversas atividades, este ano, na Escola Básica e Integrada de Água de Pau, por forma a assinalar o Dia Municipal para a Igualdade, que é celebrado desde 2010, no dia 24 de outubro.

No âmbito da comemoração do Dia Municipal para Igualdade, foi lançado, desde o início do mês de outubro, o desafio aos alunos do 1º ciclo da EBI de Água de Pau, para elaborarem 12 desenhos alusivos aos direitos e deveres dos cidadãos em matéria de igualdade. Conjuntamente, foi pedido aos estudantes do 2º ciclo que escrevessem 12 frases que definissem, para eles, o significado da igualdade.

Amanhã, dia 24 de outubro, a Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto e a Vereadora para a área da educação, Albertina Oliveira, irão, pelas 14h00, deslocar-se à EBI de Água de Pau, para, num ato simbólico, receberem os trabalhos dos alunos lagoenses e entregarem a todos um brinde.

Posteriormente, a autarquia lagoense irá compilar todo o trabalho produzido num calendário de 2019, que será entregue aos alunos da EBI de Água de Pau, na primeira semana de dezembro. O principal objetivo desta iniciativa passa pela envolvência e consciencialização de toda a comunidade escolar, numa problemática que se pretende um compromisso coletivo em prol da igualdade, criando, na sociedade lagoense, práticas que reconheçam, respeitem e valorizem a igualdade de todos os munícipes.

Paralelamente, na primeira semana de dezembro, será inaugurado um mural, no espaço de lazer daquela escola, onde diariamente, os estudantes estão em convívio, com o principal objetivo de falarem sobre o tema e grafismo que projetarão na parede do edifício escolar. Efetivamente, em nome da Igualdade, este projeto irá abranger todos os alunos, e professores do 7º, 8º e 9º ano, com a imagem que explicará, o que estes jovens entendem por um mundo igual.

De salientar que, a Câmara Municipal de Lagoa, assinala pelo terceiro ano consecutivo esta data, coincidindo com a implementação do Plano Municipal de Cidadania e Igualdade de Género, neste concelho em 2016.

Ao associar a igualdade e cidadania, a autarquia lagoense pretende aprofundar as várias dimensões da cidadania dentro de um novo “contrato de género” e, assim, evidenciar que cada pessoa é responsável pela promoção da igualdade, alavancando e alcançando os ideais da sua missão e demonstrando que a igualdade de género é um direito fundamental.