PUB

A PSP deteve um homem de 32 anos, na freguesia de São Roque, concelho de Ponta Delgada, Açores, “fortemente indiciado” pela prática de crime de roubo e de crimes de burla informática, anunciou hoje a força policial.

De acordo com o Comando Regional dos Açores, que efetuou a operação através da Esquadra de Investigação Criminal, da Divisão Policial de Ponta Delgada, a denúncia foi efetuada por uma vítima que “declarava ter sido agredida, durante a madrugada de 03 de dezembro, na freguesia de São José, por um suspeito que se teria apoderado da sua carteira entre outros objetos pessoais”.

“Foram imediatamente desenvolvidas diversas diligências por parte dos investigadores da PSP as quais vieram a permitir a identificação do suspeito do crime, o qual já se encontrava referenciado pelas autoridades pela prática de outros ilícitos da mesma natureza”, refere a PSP em comunicado.

PUB

A Esquadra de Investigação Criminal, da Divisão Policial de Ponta Delgada, no âmbito das diligências realizadas, “percecionou um quadro de utilização ilegítima de um cartão de multibanco que havia sido subtraído pelo suspeito, aquando da prática do crime de roubo, tendo, inclusive, em comunhão de esforços com outra cidadã suspeita, feito o uso do referido cartão na concretização de pagamentos ilícitos”.

De acordo com a PSP, “por haver o sério risco do arguido prosseguir a atividade criminosa, tal cenário veio a impulsionar a privação da sua liberdade, na sequência da emissão e cumprimento de mandado de detenção, emanado por parte de autoridade de polícia criminal”.

A suspeita, com “menor grau de envolvimento nos factos sob investigação”, foi constituída arguida.

O principal suspeito, após ter sido apresentado a um primeiro interrogatório judicial, junto do Juízo de Instrução Criminal de Ponta Delgada, aguardará o processo em prisão domiciliária.

Pub