Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

A Polícia Judiciária (PJ) integrou uma operação da Europol que desmantelou uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de droga, anunciou o órgão de polícia criminal, que, no âmbito desta ação, apreendeu mais de uma tonelada de cocaína.

Além de Portugal, estiveram também envolvidas forças policiais de Croácia, Itália, Montenegro, Países Baixos, Sérvia, Eslovénia e Espanha, tendo sido apreendidas mais de seis toneladas de cocaína, em termos globais, com apreensões nos Açores, em Aruba, na Costa do Marfim e em Espanha.

A investigação durou vários anos e começou com a apreensão pela PJ de dois veleiros nos Açores, em 2018 e 2019, que, no total, transportavam cerca de 1.440 quilos de cocaína. Nessas apreensões foram detidos sete cidadãos estrangeiros, com a PJ a esclarecer que as investigações nacionais sobre este caso estão concluídas.

Segundo a nota divulgada, a “Operação Florida” – como foi designada pela PJ – conseguiu acabar com a atividade desta organização criminosa, que era maioritariamente composta por cidadãos montenegrinos e recorria a embarcações de recreio para introduzir no espaço europeu grandes quantidades de droga proveniente da América do Sul.

“Esta operação, à semelhança de outras em que a Polícia Judiciária tem participado, demonstra claramente que só com recurso à cooperação internacional é possível combater eficazmente o fenómeno do tráfico de drogas, que constitui uma séria ameaça para a generalidade dos países”, pode ler-se no comunicado.

De acordo com a Europol, que intermediou a troca de informações entre os diferentes países envolvidos, no decurso da investigação foram acusados 29 suspeitos em diversos países. Foram ainda realizadas 37 buscas e detidas 12 pessoas, além da apreensão de relógios, cartões bancários, documentos, munições, armas, um veículo, uma lancha e dinheiro.

Pub