Pub
Na sua intervenção no Parlamento Regional, o deputado do PCP, João Paulo Corvelo, no âmbito do debate do Projeto de Resolução do PSD “Inclusão da Graciosa na Linha Lilás da Atlânticoline”, defendeu que a Ilha da Graciosa não pode continuar marginalizada em termos do transporte marítimo de passageiros e que os graciosenses não pode continuar a ser considerados como açorianos de segunda no Grupo Central do arquipélago.
João Paulo Corvelo relembrou ainda uma Resolução Política do X Congresso Regional do PCP de 2016, citando: ““Quanto ao transporte marítimo de passageiros, regista-se como muito positiva a entrada ao serviço dos novos ferries com capacidade de transporte de viaturas entre as ilhas do Triângulo (Faial, Pico e S. Jorge) alargando este serviço à ilha Terceira na época alta.
O PCP considera que esta experiência não só deve ser reforçada nas suas frequências como este serviço deve ser alargado a todo o Grupo Central.”
Pub