Pub

A depressão Paulette encontrava-se ao início da tarde desta sexta-feira a 300 km da ilha das Flores, prevendo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) “um agravamento do estado do tempo” nos grupos ocidental e central dos Açores.

Em comunicado, o IPMA fez saber que a depressão se “encontrava a aproximadamente 300 km a norte da ilha das Flores” por volta das 14h00, prevendo-se que se desloque para sul “nas próximas horas”.

“Nas próximas horas, prevê-se um agravamento gradual do estado do tempo nas ilhas do grupo ocidental (aumento da agitação marítima, da intensidade do vento e precipitação) e do grupo central (precipitação)”, lê-se na informação divulgada pelo instituto.

O IPMA avança que, a partir do próximo sábado, a depressão “deverá” localizar-se a sul do arquipélago, “numa zona com temperatura da água do mar mais elevada, podendo novamente ganhar características tropicais”.

Na terça-feira, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou que o furacão Paulette deveria afetar o grupo ocidental dos Açores este fim de semana já como tempestade pós-tropical, depois de ter atingido na segunda-feira a costa das Bermudas.

Na quinta-feira, o IPMA já tinha emitido avisos amarelos meteorológicos para as ilhas do grupo ocidental e oriental.

Pub