DBRS melhora perspetiva da dívida da Madeira e mantém ‘rating’

DBRS, agência de notação financeira

A agência de notação financeira DBRS confirmou na sexta-feira o ‘rating’ da dívida da Região Autónoma da Madeira em BB (grau especulativo) e melhorou a perspetiva dos compromissos de longo prazo de estável para positiva.

Esta mudança positiva, explicou a agência de ‘rating’, segue a mudança ocorrida no início deste mês relativa à dívida da República.

No passado dia 05, a DBRS melhorou a perspetiva do ‘rating’ de Portugal de estável para positiva, o que significa que pode subir a nota, que manteve em ‘BBB’ (qualidade de crédito adequada, na sua definição), numa próxima avaliação.

A mesma tendência de melhoria de indicadores registada a nível nacional foi apontada pela DBRS a nível regional.

Devido às ligações económicas e financeiras entre os dois governos, a mudança na tendência da dívida de Portugal afeta positivamente a análise da DBRS sobre a credibilidade da Madeira e suporta a mudança da tendência regional para positiva, detalhou a agência de notação.

De resto, a DBRS adiantou que o ‘rating’ da Madeira pode melhorar se se verificarem algumas condições, isoladas ou em conjunto, como a melhoria do rating da República, uma redução substancial da dívida do arquipélago, a melhoria dos indicadores económicos ou a diversificação da economia e, por fim, o reforço da relação entre os executivos do Funchal e de Lisboa.

Ao contrário, os riscos de uma revisão em baixa do ‘rating’ estão localizados em uma eventual ação negativa sobre o ‘rating’ da República, na incapacidade da Madeira em estabilizar o seu desempenho financeiro e os seus indicadores da dívida no médio prazo, no enfraquecimento do apoio do Governo central ou ainda se houver uma inversão da redução da dívida regional indireta e garantida.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial