Daniela Mercury vai à Ribeira Quente abrilhantar os 30 anos do Chicharro

Os 30 anos do “Chicharro” já mexem com a freguesia da Ribeira Quente. Por estes dias já se sentem as vibrações do que irá acontecer de 4 a 7 de julho na localidade piscatória do concelho Mais lindo dos Açores.

Daniel Mercury, o Furacão do Brasil, é a cabeça de cartaz da edição comemorativa dos 30 anos do Chicharro! Daniela Mercury é hoje uma das cantoras brasileiras mais reconhecidas e respeitadas dentro e fora do seu país. Trará na bagagem uma energia contagiante pois os seus concertos ao vivo são sempre sinonimo de cor, ritmo e alegria. A diva de Salvador da Bahia pisará o palco da Ribeira Quente, no dia 6 julho, prometendo fazer dos 30 anos do Chicharro uma edição inesquecível.

Além de Daniela Mercury, os Calema são outro dos nomes sonantes deste festival de verão que coloca a Ribeira Quente no centro das atenções da ilha de São Miguel. Vão estar no dia 4 de julho a fazer a festa no palco junto à praia do Fogo. A sua descendência, raízes e história, transportam em si uma diversa herança cultural que os conduziu à paixão pela música. Estes dois irmãos têm conquistado Portugal e não só. Em 2018 viveram um ano intenso, com mais de cem concertos apresentados em doze países. Deixam a sua marca em cada concerto, pois para além de carismáticos, têm também uma personalidade humilde que os leva a ter uma invulgar proximidade com o público. Têm sido distinguidos nas mais diferentes categorias, com nomeações e distinções nacionais e internacionais, somando também dezenas de milhões de visualizações acumuladas no YouTube e outras plataformas.

30 anos do Chicharro sem os Starlight não seriam a mesma coisa! Estão, assim, confirmados, para o dia 5 de julho, para esta grande festa. São considerados a banda “talismã” do Chicharro, pois têm o dom de transformar aquele recinto num lugar onde é impossível não bater o pé e em plenos pulmões cantar numa só voz: “Sai um chi chi charro e um co co copo de vinho”.

Os Supa Squad, bem conhecidos da nova geração, vão igualmente estar nos 30 anos do Chicharro. Surgem quando Mr. Marley e Zacky Man aliam as suas raízes cabo-verdianas a um projeto ambicioso na arena da música nacional e internacional. Os seus projetos musicais caracterizam-se pela fusão de new roots, reggae e o dancehall. Já atuaram em festivais como Rock in Rio, Sumol Summer Fest, Musa Cascais, MEO Sudoeste, Sol da Caparica, Campo Pequeno, Coliseu dos Recreios, Hard Club, entre muitos outros.

O Chicharro vai contar com a música de Mosimann. É de França que vem este verdadeiro “animal” de palco, que para além de DJ e produtor, é também um cantor multi-instrumentista. Com uma carreira invejável Mosimann tem arrecadado diversos Prémios e Distinções. Tem uma identidade muito própria e é em cima do palco que marca a diferença, onde a originalidade é sem dúvida a nota dominante num show em que a sua voz atípica, os voos do seu sintetizador, e os seus solos de bateria levam o público ao verdadeiro êxtase.

Os Insert Coin são também uma presença confirmada para esta edição das bodas de pérola do Chicharro. Conhecidos por criarem ambientes únicos, sem barreiras entre quem põe a música e o público. Da primeira à última pessoa, dos 8 aos 90 anos! Com atitude positiva e alegria contagiante, irão encaixar-se na perfeição naquilo que é a essência do Chicharro. Para além deste lote de artistas de luxo outros se juntarão ao programa dos 30 anos do Chicharro como são o exemplo dos Alpha Heroes, Reaction, Hilow, Antoine C, Vânia Dilac e André N feat Kicker.