Curso pioneiro de Introdução à Informação Geográfica reforça apoio a bombeiros nas operações de busca e resgate

O Secretário Regional da Saúde destacou hoje, nas Lajes do Pico, a importância para as operações de busca e resgate da realização do primeiro curso de Introdução à Informação Geográfica para bombeiros açorianos.

“Esta ação, associada ao curso de Inglês, reveste-se de particular interesse na vertente do turismo e também para a população em geral, no socorro prestado em situações, por exemplo, de desaparecimento em trilhos pedestres”, sublinhou Rui Luís, que falava na cerimónia que assinalou o Dia Municipal do Bombeiro e o 38.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários das Lajes do Pico (AHBVL).

Na ocasião, o Secretário Regional adiantou que, pelo grau de exigência de uma maior preparação que o movimento turístico envolve, a Proteção Civil decidiu desenvolver este curso em todas as ilhas, bem como a operadores de telecomunicações e a elementos da ‘Sala de Situação’ do Serviço Regional de proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA).

Esta formação pretende capacitar os elementos dos corpos de bombeiros para a interpretação, leitura e aplicação de práticas relacionadas com informação geográfica diversa, criando ferramentas para apoiar operações de busca e resgate ou qualquer tipo de ocorrência onde a localização é essencial para o devido apoio à decisão.

O responsável pela pasta da Proteção Civil frisou que este curso é o reflexo da aposta do SRPCBA no aumento da oferta formativa, bem como na inovação e na disponibilização de novos cursos em função de novas necessidades.

“Lembro os cursos de Inglês, de Busca e Salvamento em Estruturas Colapsadas e, mais recentemente, este curso de Introdução à Informação Geográfica que acabou de ser ministrado em Vila do Porto e na Ribeira Grande e também, na passada semana, a 26 bombeiros das corporações da Madalena e de São Roque do Pico, e que será estendido aos bombeiros desta corporação”, frisou Rui Luís.

Em 2018, o SRPCBA realizou 114 ações de formação, estando programadas para este ano 125 ações.

“Os bombeiros da AHBVL integram também este programa de formação, tendo já participado este ano no curso de Recertificação Salvamento e Desencarceramento, no curso de Inglês para Bombeiros e no curso de Planeamento e Gestão Municipal de Proteção Civil, estando prevista a presença de mais oito elementos em outros cinco cursos até ao final de 2019”, salientou Rui Luís.