Pub

Os cuidados intensivos vão ser reforçadas com mais 202 camas e vão ser contratados mais 350 enfermeiros para estas unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS), anunciou hoje o primeiro-ministro.

António Costa falava aos jornalistas após um Conselho de Ministros extraordinário que decidiu novas medidas restritivas para controlar o aumento de casos de indeção com o vírus da covid-19 no país.

O primeiro-ministro avançou que as Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) vão ser reforçadas agora com 52 camas, 50 até ao final de dezembro e as restantes 100 em janeiro de 2021.

Pub