Pub

A reeleita presidente inicia o seu segundo mandato “com a energia, a firmeza, o espírito de compromisso e a determinação de tudo fazer para servir a Lagoa e os lagoenses”, de acordo com a própria. “Faço-o com enorme honra e alegria, mas também com um sentimento de profunda humildade, perante a responsabilidade do cargo que assumo e perante a dimensão dos desafios que se colocam ao futuro da Lagoa. A missão de conduzir os destinos da Lagoa terá tanto mais sucesso, quanto mais cooperante for toda a equipa de vereação”, referiu a edil.

De acordo com Cristina Calisto, “continuar a valorizar o concelho, dinamizar a economia e mobilizar vontades, construir uma Lagoa de oportunidades, mais sustentável, mais competitiva e mais inovadora, modernizar ainda mais os procedimentos, simplificar os processos, aumentar a transparência e aproximar o poder dos cidadãos, continuar a captar investimento para o concelho e a servir a comunidade em parceria com as instituições, estar ao lado das famílias e a apostar na educação” são algumas das pretensões do novo executivo da Câmara Municipal de Lagoa.

A presidente foi eleita com maioria absoluta pelo Partido Socialista, por sufrágio do povo, com 62,87%.

Pub

O Partido Socialista elegeu, assim, cinco mandatos, compostos pela Presidente Cristina Calisto e os vereadores Frederico Furtado Sousa, Nelson Santos, Albertina Oliveira e Mónica Domingues. Quanto ao Partido Social Democrata, terá como representantes dois vereadores na Câmara Municipal de Lagoa, sendo eles António Vasco Viveiros e Duarte Borges.

Já a Assembleia Municipal, órgão deliberativo do município, será liderada por Rodrigo Oliveira, eleito também por maioria absoluta pelo Partido Socialista, com 57,88% dos votos.

O PS obteve, assim, 14 mandatos na Assembleia Municipal, e a Coligação Lagoa Unida 7 mandatos, que juntamente com os cinco Presidentes das Juntas de Freguesia, totalizam os 26 membros.

Pub