Costa considera ter recebido “voto de confiança” e destaca resultado da esquerda

O secretário-geral do PS afirmou hoje que recebeu um “voto de confiança” nestas eleições europeias e considerou que os parceiros de esquerda que suportam a atual solução governativa também alcançaram um bom resultado.

Esta análise foi feita por António Costa no seu discurso de vitória nas eleições europeias, em que o PS terá obtido cerca de 33,5% dos votos, subindo em mandatos face aos oito das eleições de 2014 e com o PSD a mais de dez pontos percentuais de diferença.

“Recebemos um voto de confiança no PS e assumimos esse voto de confiança com humildade e profundo sentido de responsabilidade. Nestas eleições, é evidente a derrota muito clara que o PSD e o CDS-PP sofreram”, apontou, antes de se referir especificamente ao PS e aos restantes partidos que suportam a atual solução governativa no parlamento: O PCP, o Bloco de Esquerda e o PEV.

“E é também muito claro que o PS, assim como os partidos que viabilizaram a atual solução governativa há três anos e meio, não tiveram essa derrota e tiveram uma vitória na noite de hoje”, sustentou.

Já na conferência de imprensa, António Costa foi questionado sobre o resultado da CDU, que desceu, ao contrário do Bloco de Esquerda, mas nada disse sobre isso.