“Não haverá cortes nos fundos do POSEI, para todos, incluindo os Açores”, declarou  o comissário, falando em Ponta Delgada, no Palácio do Governo, após um encontro com o chefe do executivo açoriano, Vasco Cordeiro.

No que refere ao POSEI (Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade nas Regiões Ultraperiféricas), que engloba os Açores e a Madeira, a proposta atualmente em cima da mesa engloba um corte de 3,9% nos programas de apoio às regiões ultraperiféricas.

O presidente do Governo dos Açores, que antes de se ter reunido com o comissário europeu esteve com o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, definiu como “excelentes notícias” a indicação de que não haverá cortes no POSEI para a região.

Vasco Cordeiro e o Comissário Europeu Phil Hogan