CMVFC promove seminário “Proteção Civil – Gestão de Catástrofes” e Simulacro no âmbito dos 500 anos do terramoto

No âmbito das celebrações para assinalar a efeméride dos 500 anos do terramoto que soterrou grande parte de Vila Franca do Campo, a Câmara Municipal de Vila Franca do Campo promoverá um seminário intitulado “Proteção Civil – Gestão de Catástrofes”, no dia 30 de setembro das 8h30 às 13h30, no auditório do Centro Cultural de Vila Franca do Campo.

Este seminário contará com dois painéis, sendo que o primeiro – “O desafio da gestão de catástrofes, estudos de caso” terá como oradores Carlos Ávila (antigo presidente da Câmara Municipal de Povoação) cuja apresentação incidirá sobre a gestão social em situação de catástrofe, e Rui Carvalho e Melo (antigo presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo), que fará uma exposição sobre a gestão municipal da crise sísmica de 2005.

Por sua vez, o segundo painel incidirá sobre o tema – “A resposta na gestão de catástrofes” e contará com Emanuel Barcelos (diretor regional do Ordenamento do Território e dos Recursos Hídricos), cuja exposição será sobre a prevenção de riscos naturais através do ordenamento do território e da gestão dos recursos hídricos.

Seguidamente Eduardo Faria (presidente do Serviço Regional de Proteção Civil dos Açores) fará uma apresentação sobre a missão, estrutura e meios do SRPCBA e, por fim, Rui Marques (presidente do Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores) fará uma exposição sobre a importância da monitorização sismovulcânica no apoio à assessoria técnico-científica e na tomada de decisão no âmbito de ações de proteção civil, usando como caso de estudo a crise vulcânica da ilha de São Jorge.

A terminar o seminário, pelas 13h30, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca do Campo promoverá uma ação de sensibilização sobre primeiros socorros.

O culminar do seminário ocorrerá com a realização de um exercício de proteção civil em Vila Franca do Campo no dia 1 de outubro, denominado VILA2022.

Destina-se a profissionais/não-profissionais ligados à área da Gestão de Catástrofes, Saúde, Ensino, Engenharia, estudantes, entre outros.

Pub