Pub

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, saudou hoje os resultados obtidos recentemente pelos corpos de bombeiros dos Açores em concursos nacionais e internacionais de manobras, bem como no campeonato mundial de trauma.

Clélio Meneses disse, em Angra do Heroísmo, que os resultados obtidos “demonstram a qualidade do treino e da formação que o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores ministra aos corpos de bombeiros da região”.

“Isto demonstra também, o elevado grau de qualidade do socorro diário que é prestado à população”, frisou.

Em junho, os Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande participaram no Concurso Nacional de Manobras para Bombeiros e Cadetes, realizado em Loulé. O evento foi organizado pela Liga dos Bombeiros Portugueses e contou com de cerca de 300 bombeiros de todo o país.

Os Voluntários da Ribeira Grande arrecadaram o 1.º lugar na categoria de Equipa – Classe A – Bombeiros Masculinos, e foram apurados para o concurso internacional, representando Portugal, realizado na Eslovénia, durante o mesmo mês. Os Concursos Internacionais de Manobras da International Association of Fire Services (CTIF), juntaram mais de 2.500 bombeiros de 20 países.

Os Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória, São Roque do Pico e Nordeste participaram no Campeonato Mundial de Trauma, que decorreu de 7 a 11 do corrente, no Luxemburgo.

Os Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória obtiveram o 4.º lugar da classificação geral na vertente de Trauma. Na mesma vertente, os Bombeiros Voluntários de São Roque do Pico classificaram-se no 27.º lugar.

Os Bombeiros Voluntários do Nordeste conseguiram o 30.º lugar da classificação geral na vertente de desencarceramento.

O Campeonato Mundial de Trauma (World Rescue Challenge), organizado pela World Rescue Organization, envolveu este ano cerca de três centenas de participantes de 17 países, sendo considerado o maior evento internacional, realizado em ambiente simulado.

O evento colocou à prova procedimentos de socorro a vítimas em cenários de trauma e desencarceramento, com simulacros de vítimas de acidente o mais aproximados possível de um cenário real.

O Secretário Regional da Saúde e Desporto, que tutela também a Proteção Civil, sustenta que “os resultados alcançados prestigiam e dignificam os bombeiros dos Açores, como elevam o nome da região e do país”.

“São também momentos de partilha de conhecimentos, troca de ideias e de convívio entre corpos de bombeiros de vários pontos do país e do mundo”, considerou Clélio Meneses.

Pub