PUB

Os deputados do Partido Socialista dos Açores à Assembleia da República congratularam-se, esta quinta-feira, com a atribuição às famílias mais vulneráveis, de mais um apoio extraordinário para ajudar a fazer face ao crescente aumento dos preços e da inflação.

Para Francisco César, vice-presidente do Grupo Parlamentar Socialista, “este apoio de 240 euros irá abranger, na Região, cerca de 27 mil famílias Açorianas” que, face ao momento desafiante que atravessamos, “constitui mais uma grande ajuda para ultrapassar as dificuldades sentidas”.

“Esta prestação única, que será paga a partir do próximo dia 23 de dezembro, destina-se a todos aqueles que recebam prestações mínimas ou que beneficiem da Tarifa Social de Eletricidade, o que, na Região, abrange 27.147 famílias Açorianas, e no país cerca de um milhão de famílias, no total de cerca de três milhões de portugueses”, sublinhou o parlamentar, para saudar a ação do Governo da República no auxílio de todos os Portugueses que enfrentam maiores dificuldades.

PUB

“Este Governo da República da responsabilidade do Partido Socialista teve a consciência e a clara noção de que toda a ajuda que possa dar para combater a inflação é pouca e, portanto, e resolveu destinar cerca de 240 milhões de euros para apoiar as famílias mais desfavorecidas”, assinalou o deputado do Partido Socialista, eleito pelos Açores à Assembleia da República.

Para Francisco César, este conjunto de medidas que têm vindo a ser adotadas ao longo do último ano, tem, ainda, um impacto muito maior na Região.

“O Governo da República, através do conjunto de medidas que tem tomado, de apoio às empresas, às famílias, aos setores mais carenciados, aos mais jovens, aos idosos, tem sido o único protagonista a preocupar-se com o impacto da inflação nos Açores, perante uma total ausência do Governo Regional nesta matéria”, assinalou Francisco César, deputado socialista na Assembleia da República.

Pub