Centenas de ‘coletes amarelos’ manifestam-se em Paris pelo 13.º sábado consecutivo

Centenas de ‘coletes amarelos’ voltaram hoje a manifestar-se em Paris, o 13.º protesto deste movimento de contestação francês, desfilando pelos Campos Elísios por entre forte dispositivo policial, noticiou a imprensa francesa.

Os manifestantes reuniram-se na Place de l’Étoile, junto ao Arco do Triunfo, e começaram a marcha cerca das 12:00 locais (11:00 em Lisboa) descendo a famosa avenida de Paris em direção à avenida Montaigne, por onde normalmente acedem à sede do Ministério dos Negócios Estrangeiros (Quay d’Orsay) e outros edifícios oficiais.

Se fizerem o percurso habitual, deverão seguir para a Assembleia Nacional, onde está concentrado o grosso do dispositivo policial.

O lusodescendente Jerôme Rodrigues, uma das caras do movimento que há duas semanas foi ferido com uma bala de borracha e corre o risco de vir a perder a visão do olho direito, estava hoje entre os manifestantes, segundo imagens da BFM TV.

O ministro do Interior, Christophe Castaner, afirmou à imprensa que, depois de quase três meses de protesto, o dispositivo das forças de segurança destacadas “se mantém significativo”.

Tal como em protestos anteriores, estão convocadas para hoje manifestações por toda a França.

A capacidade de mobilização do movimento dos ‘coletes amarelos’ diminui nos últimos sábados, com 58.600 manifestantes em todo o país, segundo números do Ministério do Interior, contestados pelo movimento que assegura ter reunido nesse dia 116.000 pessoas.

A primeira manifestação, a 17 de novembro, juntou 282.000 pessoas.

Partilha