Pub

Os deputados do CDS-PP Açores reuniram nesta quinta-feira em Angra do Heroísmo com a Secretária Regional da Educação, Sofia Ribeiro, no âmbito da Estratégia da Educação para a Década.

Nesta reunião, a convite de Sofia Ribeiro no seguimento da proposta da criação desta Estratégia, a líder parlamentar do CDS-PP, Catarina Cabeceiras, saudou o Governo Regional pelo “empenho no diálogo e na concertação com as diversas bancadas parlamentares, com vista a uma maior estabilidade na área da educação, definindo uma estratégia e prioridades a 10 anos e contando com os contributos de todos”.

De acordo com o deputado Pedro Pinto, “falar sobre o futuro da educação é falar das novas gerações, dos professores, dos funcionários das escolas, dos edifícios, do ensino regular e do ensino profissional e do acesso ao ensino superior, em suma, é falar sobre o futuro dos Açores e do grande desafio que temos em mãos”.

Os deputados declararam que“o CDS-PP sempre defendeu que a formação e a educação são pilares determinantes para que os Açorianos possam ter maiores garantias na sua vida e mais oportunidades sociais e profissionais” e recordaram“oscontributos que o CDS-PP tem dado na área da Educação, muitos dos quais são hoje direitos dos Açorianos, como é o caso dos manuais escolares gratuitos, do Gabinete de Apoio ao Estudante Deslocado,do Prémio de Mérito de Ingresso no Ensino Superior ou do Programa de Apoio ao Pagamento de Propinas”.

A deputada Catarina Cabeceiras afirmou que “o desenvolvimento económico e social da Região só é possível se tivermos uma população devidamente qualificada. Só assim o elevador social se ativa e ascende”. Por isso, defende, “é crucial combater o abandono escolar precoce, bem como continuar o processo que este Governo Regional tem desenvolvido no incentivo à frequência do ensino superior, através do Prémio de Mérito, das bolsas de estudo edo Programa de Apoio ao Pagamento de Propinas, este último inicialmente dirigido aos estudantes da Universidade dos Açores com dificuldades financeiras edepois alargado aalunosinscritosnoutras instituições de ensino superior”.

Os deputados do CDS-PP manifestaram junto da S.ra Secretária da Educação a necessidade de “desburocratizaro trabalho dos professores, para que estes estejam focados naquela que é a sua função: ensinar”. Apontaram também como “imprescindível avaliar e diagnosticar as necessidadesdocentes na Região para os próximos anos”, lembrando “as muitas vezes, no passado, em que se alertou para a falta de professores em determinadas áreas”.

O deputado Pedro Pinto expressou a sua preocupação quanto ao ensino profissional, sugerindo que “a Região beneficiaria de uma aposta na especialização e complementaridadeentre as escolas profissionais e as escolas do ensino regular, ao invés da separação e concorrência entre si”.

Os deputados referiram ainda “a importância da formação contínua de docentes” e apontaram como “fundamental a formação do pessoal não docente”, matérias que deverão vir a ser aprofundadas em reunião futura.

Pub