CDS-PP/Açores diz que as escolas devem “despertar” para a “relevância” da autonomia

A líder parlamentar do CDS-PP/Açores, Catarina Cabeceiras, defendeu hoje, no Dia da Região, que as escolas devem servir como “veículo para despertar as novas gerações” para a “relevância” da autonomia regional e dos “méritos do autogoverno”.

“A conquista autonómica e os méritos do autogoverno devem ser realçados, com determinação, pelo sistema educativo açoriano. A escola tem de servir como veículo para despertar as novas gerações para a relevância que a autonomia assume para nós”, declarou.

A deputada regional discursava hoje no concelho da Lagoa, na ilha de São Miguel, na sessão solene do Dia dos Açores.

Cabeceiras advogou que o sistema educativo tem um “papel a cumprir, junto dos mais novos, na transmissão de conhecimento” sobre a história açoriana.

“O sistema educativo insular e o currículo escolar têm de convergir para que a autonomia seja conhecida, reconhecida e esclarecida junto dos açorianos mais jovens, que serão os adultos do amanhã”, vincou.

O líder parlamentar do CDS-PP/Açores considerou que a autonomia “deve ser um instrumento ao serviço da afirmação” do arquipélago.

“Afirmar o melhor de cada ilha, apesar das reivindicações legítimas que cada uma pode ter. Este caminho só é percorrido se falarmos a uma só voz, tendo, claro está, respeito efetivo pela pluralidade e pela diferença”, assinalou.

A centrista alertou que os Açores têm de estar “preparados para os desafios do futuro”, como o “desenvolvimento económico”, as “alterações climáticas”, a “mobilidade” ou “adequação dos serviços de educação e saúde”.

“Precisamos de uns Açores cada vez mais consistentes e mais robustos nas soluções que disponibilizam aos açorianos”, reforçou.

O Dia da Região Autónoma dos Açores foi instituído pelo parlamento açoriano em 1980, através do Decreto Regional n.º 13/80/A, de 21 de agosto, para comemorar a açorianidade e a autonomia.

A data, feriado regional, é celebrada na segunda-feira do Espírito Santo.

As cerimónias deste ano decorrem no Nonagon – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, contando com intervenções do presidente do Governo dos Açores, do presidente da Assembleia Legislativa, das representações e grupos parlamentares.

Na sessão solene, vão ser ainda atribuídas 27 condecorações a personalidades e instituições.

Pub