Carlos Ferreira apresenta programa de governação para o Faial. Pessoas

Economia, Território/Coesão e Governação Municipal são áreas prioritárias

O líder da candidatura da coligação Juntos Pelo Faial à Câmara Municipal da Horta apresentou o programa de governação para o município, que vai “nortear a liderança da Câmara Municipal da Horta e responder ao desafio de mudança, de alternância política e de gestão, em favor do progresso, da inovação e da excelência na gestão dos recursos públicos para benefício do Faial e dos faialenses”.

Os quatro pilares do programa de governação são: as pessoas, a economia, o território e coesão local e a governação municipal.

“As pessoas estão no centro da mudança que pretendemos fazer”, declarou Carlos Ferreira.

PUB

As medidas no setor da habitação, o programa de apoio à natalidade, o reforço do fundo de emergência social, o programa municipal de apoio à valência de ATL, na promoção do desporto um programa de apoio específico à construção e beneficiação de instalações desportivas (que se estende às instalações culturais), bem como o aperfeiçoamento do Plano Municipal de Prevenção das Dependências são medidas concretas que assentam no primeiro pilar do programa.

Sobre o segundo eixo de governação, a economia, Carlos Ferreira afirmou que a coligação quer apostar nas novas tecnologias e no empreendedorismo e que pretende atrair investimento e captar maior rendimento de sectores como o turismo, agropecuária ou o mar.

Salientou também medidas como a expansão do parque empresarial do Faial, o apoio e incentivo a quem quer investir e criar emprego, a reabilitação das zonas balneares e a avaliação rigorosa do dossier do saneamento básico, no contexto do novo quadro comunitário de apoio.

No território e coesão local, “queremos ser uma ilha voltada para os cidadãos e, por isso é urgente apostar na mobilidade, na fixação de pessoas nas nossas freguesias e na criação de emprego”, afirmou.

Neste pilar salientou medidas como a reabilitação das estradas municipais, a concretização da revisão do Plano Diretor Municipal e do Plano de Urbanização, o reforço das dotações das Juntas de Freguesia, a revitalização do centro histórico da cidade, a promoção da cultura e o reordenamento do trânsito e estacionamento na cidade e na Frente Mar.

Acerca da governação municipal, quarto eixo do programa, a candidatura Juntos Pelo Faial pretende “uma autarquia aberta, com transparência e ao serviço de todos os faialenses, sem exceção”.

Neste eixo, Carlos Ferreira destacou medidas como a valorização e qualificação dos trabalhadores do município, a modernização administrativa, o alargamento dos serviços on-line, a criação de serviços de proximidade em articulação com as juntas de freguesia e a abertura ao público de todas as reuniões ordinárias de Câmara.

“Está na hora de mudar o Município e considero que somos a candidatura com melhores condições para, em conjunto com os faialenses, construirmos a mudança de que a nossa ilha precisa”, concluiu.

Pub