PUB

O músico Carlos Alberto Moniz é o vencedor do Prémio Pedro Osório/2022, pelo seu disco “Por Esse Mar Abaixo”, culminando “um percurso de 51 anos a fazer canções”, anunciou hoje a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), promotora do galardão.

Carlos Alberto Moniz, 74 anos, natural de Angra do Heroísmo, estreou-se como cantor em 1969 no programa televisivo “Zip-Zip”.

Com Pedro Osório e Samuel fundou o grupo SARL (Sociedade Artística Recreativa Lusitana), cujo disco de estreia, “De Como a Canção Social”, saiu em 1974.

PUB

Novamente com Pedro Osório ainda Alfredo Vieira de Sousa, Madalena Leal e Maria do Amparo, com quem casara em 1973, criou, em 1974, o Grupo Outubro que editou os álbuns “A Cantar Também a Gente se Entende” (1976) e “Cantigas de ao Pé da Porta”(1977).

Carlos Alberto Moniz “trabalhou muitas vezes com Pedro Osório” (1939-2012), e está a preparar um espetáculo de homenagem ao maestro que foi membro da direção e um dos administradores da SPA até ao fim da vida, adianta a cooperativa.

Ao longo da carreira entre ‘singles’ e álbuns Carlos Alberto Moniz editou mais de 40 discos.

Carlos Alberto Moniz fez parte da direção da SPA em 1983 e em 1991, e, novamente de novembro de 2001 a dezembro de 2003. De 2000 a 2004 presidiu à assembleia geral do Sindicato Nacional dos Músicos.

O Prémio Pedro Osório é entregue no Auditório Frederico de Freitas, na sede da SPA; em Lisboa, “em data a anunciar”.

Pub