Fotos e Texto: José Araújo
Pub

O Capelense comemora este fim de semana um Século da sua existência, o concelho de Ponta Delgada e a vila das Capelas estão de parabéns.

Com uma direção liderada por Nuno Oliveira, um adepto desde de sempre do clube e que congrega junto de si um grupo de pessoas com provas dadas no futebol e na nossa sociedade.

A cerimónia oficial foi realizada no salão da Casa do Povo, que estava bem composta por atletas, antigos presidentes, adeptos, clube de motares e populares numa manifestação apreço ao clube agora centenário.

Esta cerimónia teve como “orador de serviço” o antigo jornalista desportivo João Patrício, que deu início à sessão com as boas vindas a todos os presentes e de seguida o presidente Nuno Oliveira tomou a palavra, falar do ontem, hoje e amanhã do clube.

André Viveiros, antigo presidente de junta e agora vereador da C.M.P.D. e grande aficionado do clube, apresentou um historial do futebol até ao aparecimento do Capelense SC no futebol Micaelense, numa recolha bem elaborada.

Foram entregues pelo presidente Nuno Oliveira cachecóis do clube e certificados de reconhecimento desportivo a antigos presidentes, sócio mais antigo e atleta mais idoso que estavam presentes na assembleia.

O presidente recebeu em mão nesta cerimónia, um quadro com uma foto do emblema do clube, oferta de Duarte Câmara e família.

No período dos discursos alusivos à data comemorativa, usaram da palavra, a presidente da junta freguesia, o representante do Governo Regional dos Açores, a Vice-presidente da Associação Futebol Ponta Delgada, encerrando com o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Nascimento Cabral.

Redescobrindo um pouco do clube, teve a sua origem em 1921 por um grupo de seminaristas que deu o nome de Grupo de Instrução e Recreio Capelense, que funcionava no Teatro de Sant´Ana. No ano seguinte este grupo de desportistas formou uma equipa de futebol amador e assim foi dado os primeiros pontapés na bola organizados.

Passados 8 (oito) anos renasceu com novo nome “Capelense SC”, com novas ideias e organização. Relembro que as cores predominantes do clube, são o preto e amarelo usados nos equipamentos de jogo e passeio por todas as equipas do clube, tanto no futebol como no futsal.

A festa terminou com o cantar dos parabéns ao Capelense SC, com o partir do bolo pelos presidentes do clube Nuno Oliveira e da Câmara Municipal de Ponta Delgada Pedro Nascimento Cabral.

Consta ainda das comemorações do centenário do Capelense SC, jogos de futebol de Sub 10 e Sub 13, missa em memória dos atletas e sócios e na parte lúdica com artistas convidados, destacando-se a Tuna Académica da Universidade dos Açores.

 

 

Pub