Capacidade do Serviço Regional de Saúde para lidar com COVID-19 foi reforçada

A Secretária Regional da Saúde afirmou hoje que a capacidade do Serviço Regional de Saúde para lidar com casos de infeção “foi reforçada”, no âmbito do coronavírus COVID-19, e que os hospitais dos Açores “estão tecnicamente preparados” e contam com 80 quartos de isolamento.

Teresa Machado Luciano destacou, em conferência de imprensa, que “o Governo dos Açores tem seguido de forma muito próxima a situação internacional, 24 horas por dia”, estando em funcionamento um Grupo Técnico de Coordenação que “acompanha a implementação de procedimentos e medidas definidas a nível nacional e internacional, bem como a sua adaptação à estrutura regional”.

Do ponto de vista da prevenção, segue-se um “reforço significativo da informação e da educação à população, para que esta conheça as medidas a adotar, a fim de proteger a sua saúde e a saúde de toda a comunidade”, adiantou a titular da pasta da Saúde.

Teresa Machado Luciano informou ainda que, em caso de necessidade de análises para confirmar ou não a infeção por coronavírus, o Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira é o laboratório de referência da Região.

A Secretária Regional da Saúde salientou que “os hospitais e as unidades de saúde de ilha têm vindo a atualizar e a testar os seus planos de contingência, bem como a formar os seus profissionais”, considerando que “não se prevê qualquer dificuldade ao nível da disponibilidade do material necessário”.

Teresa Machado Luciano afirmou também que a Direção Regional da Saúde, em articulação com a Direção Regional da Educação e a Universidade dos Açores, tem vindo a monitorizar os estudantes que se deslocaram ao abrigo do programa Erasmus ou de outros programas de mobilidade.

A Linha de Saúde Açores – 808 24 60 24 é o ponto de contacto privilegiado para encaminhamento de eventuais casos suspeitos, bem como de informação e aconselhamento à população, pelo que, em caso de dúvida, “as pessoas devem contactar a Linha de Saúde Açores e nunca se dirigirem ao hospital ou centro de saúde”, frisou.

A conferência de imprensa, que se realizou em Ponta Delgada, teve como objetivo apresentar um balanço da situação e das medidas já adotadas e em preparação no âmbito da emergência de saúde pública de âmbito internacional do novo coronavírus COVID-19.