PUB

O Diretor Regional do Turismo afirmou que a realização em São Miguel do Campeonato da Europa de Patinagem Artística é “mais uma excelente oportunidade de promoção da notoriedade” dos Açores”, permitindo partilhar “de uma forma natural” o que o arquipélago tem de melhor para oferecer, nomeadamente “uma natureza ímpar, fortes tradições e uma inimitável hospitalidade”.

“É assim que o Governo dos Açores vê a realização na Região de eventos de dimensão internacional como este: como oportunidades únicas para a conquista da notoriedade que fortalecerá cada vez mais a marca Açores – Certificado pela Natureza”, frisou Filipe Macedo, que falava terça-feira, na Lagoa, na Cerimónia de Abertura do Campeonato da Europa de Patinagem Artística.

O Diretor Regional salientou que é “uma honra” acolher nos Açores este campeonato europeu que, durante 10 dias, “oferece ótimos momentos de competição, de confraternização e uma animação diferente a todos aqueles que cá habitam e àqueles que visitam” o arquipélago.

PUB

Na sua intervenção, Filipe Macedo destacou ainda a Associação de Patinagem de Portugal e a Associação de Patinagem de São Miguel pela “ambição e arrojo de convencerem a Confederação Europeia de Patinagem a organizar neste arquipélago atlântico periférico um evento de dimensão internacional como este, que traz aos Açores centenas de participantes de 17 nacionalidades”.

Filipe Macedo salientou o “elevado alcance promocional destas ações de grande projeção além-fronteiras”, que contribuem “eficazmente para os fluxos turísticos necessários para garantir a sustentabilidade da indústria turística regional”.

“Perante os elevados níveis de competitividade que os Açores enfrentam, deve existir uma aposta contínua na conquista de maior notoriedade, destacando as caraterísticas que tornam os Açores únicos e, assim, com maior potencial de atratividade para os potenciais futuros visitantes”, afirmou o Diretor Regional.

Pub