Câmara Municipal dá nota positiva a RESTASQ e anuncia continuidade do projeto

O projeto de gestão de resíduos em eventos e festas populares da Câmara Municipal de Ponta Delgada RESTASQ foi implementado pela primeira vez nas Grandes Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Envolveu cinco restaurantes com o intuito de aumentar a quantidade de resíduos separados na festa da cidade.

Durante o evento foram recolhidas e encaminhadas para tratamento mais de 6 toneladas de resíduos (plástico, papel, vidro e óleo), anunciou, esta tarde, o vereador do pelouro da Gestão de Resíduos Urbanos Pedro Furtado.

Números que vão ao encontro da política do município de “defesa de uma economia circular, em que não há desperdício, mas sim reaproveitamento e reutilização” e voltada para a sustentabilidade ambiental, como referiu o Presidente do Município, José Manuel Bolieiro.

O edil, que falava na entrega do prémio do RESTASQ aos dois empresários com melhores práticas de resíduos no recinto da restauração das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, congratulou-se com a recetividade, adesão e resultados do projeto piloto.

Deixou, em nome pessoal e institucional, uma nota de satisfação à Irmandade pela compreensão da importância de alterar alguns segmentos de gestão do Terrado, entre eles a área da restauração, num processo acompanhado pela Inspeção Regional das Atividades Económicas, Delegação de Saúde e pela própria Autarquia, e expressou a sua gratidão à restauração por ter aceite este desafio.

Bolieiro anunciou que o projeto RESTASQ, desenvolvido em três fases distintas (preparatória, monitorização e avaliação), vai ter continuidade e lembrou que a Câmara está a  trabalhar na elaboração do Manual de Procedimentos para Grandes Eventos.

Hoje, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, foram entregues os certificados de participação  aos restaurantes Restaurante Aromas das Ilhas, Snack Bar A Furna, Restaurante Lampião e D.R.A – produtos regionais, Lda.  O Restaurante José do Rego não esteve representado esta tarde, mas também aderiu ao projeto.

Procedeu-se, igualmente, à entrega dos cheque prémio, no valor de 650 euros, aos dois restaurantes que atingiram os objetivos do projeto na separação de resíduos urbanos: Snack Bar A Furna e Restaurante Lampião.

Os empresários reconheceram ter sido um desafio exigente logística e financeiramente, mas premente pelas razões já referidas.