Pub

Numa nota, a autarquia, presidida por Pedro Nascimento Cabral, adianta que o apoio foi decidido na reunião ordinária, lembrando que o mau tempo provocou, a 27 de setembro, “inundações” que “atingiram diretamente nove agregados da Rua da Areia e da Rua da Ponte”, nos Mosteiros, que “perderam mobílias, eletrodomésticos e/ou outros bens materiais, deixando-as em grave situação de precariedade”.

“Com vista a colmatar as necessidades registadas destas famílias em dificuldade, decorrentes desta situação de emergência, compete à Câmara Municipal de Ponta Delgada, entre outras entidades, o apoio na substituição dos bens de primeira necessidade”, lê-se na nota.

A forte precipitação que se registou a 27 de setembro na ilha de São Miguel provocou o transbordo de uma ribeira originando inundações nas freguesias dos Mosteiros e das Sete Cidades.

Pub