Pub

O vereador Paulo Mendes, em representação da Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Maria José Lemos Duarte, reuniu ontem, por videoconferência, com mais de duas dezenas de agentes culturais do concelho, reforçando a preocupação e abertura do Município para encontrar soluções para este setor fragilizado pela pandemia.

Com esta iniciativa, o Município procurou auscultar, uma vez mais, os agentes culturais, para definir, de forma conjunta, novas abordagens e ponderar novas estratégias para “readaptar a forma de fazer a cultura acontecer”, referiu o vereador da área cultural.
A autarquia de Ponta Delgada tem mostrado desde o primeiro momento preocupação e abertura para apoiar a cultura local com diversas iniciativas como: a Cultura em sua Casa, Animar PDL, Histórias com Banda Sonora e o programa de celebração do Dia Internacional da Música.
“De março a outubro o Município investiu perto de 200 mil euros em 130 iniciativas, que envolveram mais de 130 agentes culturais e agora, reforça a cultura como uma prioridade da sua política” afirmou Paulo Mendes.
Neste sentido, “a Câmara Municipal quer continuar a desenvolver esse esforço de apoiar os seus agentes culturais na dinamização da cultura”, adiantou o edil.
O responsável autárquico ainda reforçou, em nome do Município de Ponta Delgada, que “estamos empenhados em continuar a concretizar esse sentido de prioridade que a cultura assume na nossa Autarquia. Por isso, é que queremos ouvi-los para que possamos ter medidas mais acertadas e concretas, numa altura, como esta, de elevado grau de imprevisibilidade e complexidade. Temos de encontrar a melhor forma de servirmos os interesses coletivos”.

Pub