Câmara de Ponta Delgada entrega Medalha de Ouro do Município a Irmandade do Senhor Santo Cristo

Numa atitude de “reconhecimento e preito”, a Câmara Municipal de Ponta Delgada atribuiu  a “Medalha de Ouro do Município” à Irmandade do Senhor Santo Cristo dos Milagres.

A máxima distinção honorífica do Município foi entregue pelo Presidente da Câmara Municipal ao Provedor da Irmandade, Carlos Faria e Maia, num gesto simbólico que pretendeu homenagear um grupo de “homens e famílias de inabalável fé e brio nas suas realizações” que, há mais de 250 anos, organiza as maiores festas religiosas dos Açores hoje, identidade do povo açoriano.

“Como Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, e neste ano da Graça de Deus de 2018, estou profundamente convicto que testemunho e interpreto o sentimento coletivo e secular do nosso Povo, ao atribuirmos a todos e a cada um dos membros da Irmandade, ao longo de todos estes anos, a nossa honorífica Medalha de Ouro do Município de Ponta Delgada”, sustentou José Manuel Bolieiro.

O edil, na “elevada e significante cerimónia” que teve lugar ontem, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, destacou ainda o facto de “a  dimensão e a projeção dos Açores e da açorianidade estarem também muito identificadas com a realização das grandiosas festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres em Ponta Delgada”.

Razão pela qual, o Município associou o seu feriado municipal – segunda-feira do Senhor Santo Cristo – às festas.

Na homenagem, proposta pela Comissão Municipal de Toponímia e Distinções Honorificas, presidida por José Andrade, o Provedor da Irmandade reconheceu a distinção do Município de Ponta Delgada e agradeceu, na pessoa de José Manuel Bolieiro, o apoio da Autarquia .

Recorde-se que a Câmara Municipal de Ponta Delgada, para além do apoio logístico, de segurança e de sensibilização, transferiu este ano 40 mil euros para a Irmandade e concedeu o Direito do Terrado  na área tradicional das festas, o que corresponde a uma estimativa de proveitos na ordem dos 40 mil euros.

Através do apoio, reforçado este ano, a Câmara Municipal pretende contribuir para a afirmação da maior festa da cidade como o principal evento âncora do turismo religioso em Ponta Delgada, em São Miguel e nos Açores.