PUB

A Câmara Municipal do Nordeste informa os Nordestenses que discorda e lamenta a atuação do Delegado de Saúde de Nordeste, relativamente aos estabelecimentos de restauração e panificação que foram fiscalizados recentemente com o encerramento obrigatório de algumas unidades por alguns dias.

A Câmara Municipal entende que as fiscalizações são importantes se forem realizadas com consciência pedagógica e sentido construtivo de melhorar o serviço à população e, em geral, promover  a saúde pública. Segundo a Câmara não foi o que aconteceu com as “visitas” recentes do Delegado de Saúde a alguns estabelecimentos comerciais que põem em causa serviços muito importantes para a população residente e visitantes, numa altura do ano em que os estabelecimentos mais necessitam de fazer dinheiro para enfrentar as dificuldades de falta de turistas no Inverno.

Apesar do Presidente da Câmara ter contactado o Delegado de Saúde a apelar à calma e ao bom-senso porque não se conhecem situações graves que atentem contra a saúde pública mas sim pequenas falhas de fácil resolução, sem necessidade de encerramento dos estabelecimentos e, ao contrário do que é habitual neste tipo de vistorias, o Delegado de Saúde não se fez acompanhar do Veterinário desta Câmara Municipal que tem percorrido todo o comércio local para melhorar as condições de funcionamento dos estabelecimentos.

PUB

Em declarações à Comunicação Social em 20 do corrente mês, o Delegado de Saúde prestou um mau serviço ao Concelho e aos serviços que representa com insultos e calúnias contra o Presidente da Câmara, usando uma linguagem imprópria de quem tem a obrigação de conter-se aos estritos limites e deveres de um funcionário público. Por isso esta Câmara torna público que solicitou uma reunião com caráter de urgência junto da Sr.ª Coordenadora Regional da Saúde Pública para os fins convenientes e também que o Sr. Presidente da Câmara apresentou queixa-crime por difamação, defesa da honra e consideração pessoal junto das autoridades competentes.

Pub