Pub

A Câmara da Ribeira Grande assinalou o Dia da Europa com uma exposição levada a cabo por Humberta Araújo, antiga jornalista da RTP-Açores que expôs trabalhos realizados por si e que retratam alguns dos jogos tradicionais das nove regiões ultraperiféricas que integram a União Europeia.

Os trabalhos estão expostos no Teatro Ribeiragrandense e ali permanecerão até ao final da presente semana, no auditório 2, e pretendem identificar as práticas culturas das várias regiões.

O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, marcou presença na cerimónia de abertura, onde também esteve presente o diretor regional dos Assuntos Europeus, Carlos Amaral, que fez uma abordagem aos desafios da presidência dos Açores à frente das regiões ultraperiféricas que durará ao longo de 2021, e fez saber que que uma das intenções é levar este tipo de iniciativas às escolas da região para dar conhecer as regiões ultraperiféricas e a sua importância para a Europa.

Alexandre Gaudêncio agradeceu a iniciativa levada a cabo pela promotora e realçou a importância da Europa para o dia-a-dia dos cidadãos, dando, por exemplo, a mais recente obra inaugurada pelo município, as ciclovias, que contaram com um apoio de 85% de fundos comunitários.

Pub

O autarca lançou o repto para que o novo governo regional dos Açores “delegue mais autonomia nas autarquias na gestão dos fundos do novo quadro comunitário de apoio 2021-2027, porque serão executados de forma mais célere e a favor das populações, porque o poder local está mais próximo das populações e das suas reais necessidades”, acrescentou.

Na cerimónia estiveram presentes, para além dos palestrantes, o diretor regional das comunidades, José Andrade, Carmen Gaudêncio (em representação do subsecretário regional da Presidência), o vereador Filipe Jorge e alguns convidados por parte da mentora do projeto.

Pub