Pub

A Associação Agrícola de São Miguel denunciou hoje ataques por cães vadios, entre as freguesias da Maia e Lomba de São Pedro, no concelho da Ribeira Grande, a cerca de 20 bovinos, tendo cerca de 10 morrido.

“A Associação Agrícola de São Miguel vem manifestar a sua preocupação relativamente à ocorrência de vários ataques de cães vadios a bovinos, maioritariamente vitelos, em algumas pastagens entre as freguesias da Maia à Lomba de São Pedro, no concelho da Ribeira Grande”, refere-se em comunicado.

De acordo com a Associação Agrícola de São Miguel, os ataques “aconteceram nas últimas semanas e continuam a ocorrer, vitimando mais de 20 animais” e provocaram a morte “a maior parte destes bovinos”.

De acordo com a associação, esta “situação lamentável tem provocado prejuízos a vários produtores, fazendo com que estes manifestem grande preocupação e receio quanto ao bem-estar e segurança dos seus animais”.

A Associação Agrícola de São Miguel solicita à Câmara Municipal da Ribeira Grande e às entidades governamentais competentes que “tomem medidas relativamente à recolha destes cães vadios e adotem outras que achem apropriadas, de forma a resolver este flagelo”.

Apela-se ainda à população para “não abandonar os seus cães para que se evite mais situações destas, futuramente”.

A Associação Agrícola de São Miguel “irá continuar a acompanhar estas ocorrências e a diligenciar para que esta situação se resolva o mais rapidamente possível”.

Pub