PUB

A Comissão Europeia anunciou hoje que chegou a um “acordo equilibrado” com o Reino Unido sobre os termos do ‘divórcio’ entre as partes e decidiu recomendar aos Estado-membros que se passe à segunda fase das negociações sobre as futuras relações.

A recomendação de Bruxelas baseia-se no relatório conjunto acordado pelos negociadores da Comissão e do Governo do Reino Unido, que foi hoje subscrito pela primeira-ministra britânica, Theresa May, durante uma reunião, em Bruxelas, com o presidente do executivo comunitário, Jean-Claude Juncker.

Segundo Bruxelas, foram efetuados “progressos suficientes” nos três domínios prioritários: direitos dos cidadãos, diálogo sobre a Irlanda/Irlanda do Norte e acordo financeiro com o Reino Unido, considerando o negociador-chefe da UE, Michel Barnier, que “serão protegidas as opções de vida dos cidadãos da UE que vivem no Reino Unido”.

PUB

Acordo alcançado garante ausência de fronteira física na Irlanda diz Theresa May

O acordo de princípio hoje alcançado sobre os termos da saída do Reino Unido da União Europeia garante que não existirá uma fronteira física entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte, sublinhou a primeira-ministra britânica.

“Não haverá uma fronteira rígida e manteremos o acordo de Belfast”, declarou Theresa May, em declarações à imprensa após uma reunião com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas.

Bruxelas decidiu hoje recomendar aos 27 Estados-membros que se passe à segunda fase das negociações do ‘Brexit’ (saída do Reino Unido da União Europeia), as futuras relações entre as partes, após terem sido alcançados “progressos suficientes” nos ‘dossiês’ considerados prioritários na primeira fase das negociações (os termos do ‘divórcio’), designadamente direitos dos cidadãos, acordo financeiro e a questão da Irlanda.

Tusk adverte que o mais difícil das negociações ainda está para vir

O presidente do Conselho Europeu advertiu hoje que o mais difícil das negociações com o Reino Unido sobre o ‘Brexit’ ainda está para vir, pois “romper é difícil, mas romper e construir uma nova relação ainda é mais difícil”.

“Temos de ter em mente que o desafio mais difícil está ainda pela frente. Sabemos que romper é difícil, mas romper e construir uma nova relação é ainda mais difícil”, disse Donald Tusk, numa declaração à imprensa após uma reunião com a primeira-ministra britânica, Theresa May, no dia em que foi alcançado um princípio de acordo sobre os termos do ‘divórcio’ entre União Europeia e Reino Unido e a Comissão Europeia recomendou a passagem à fase seguinte das negociações, sobre a futura relação.

Apontando que, após acordar os termos da saída, é necessário negociar o futuro, designadamente o período de transição (de dois anos) que o Reino Unido solicitou para concretizar a saída do bloco europeu (‘Brexit’), assim como os moldes da futura relação – comercial mas não só – entre as partes, Tusk lembrou que “desde o referendo britânico” que ditou o ‘Brexit’ já “passou cerca de um ano e meio”, e lamentou que “tanto tempo tenha sido gasto com a parte mais fácil” da negociação.

PM britânica a caminho de Bruxelas para encontro com Juncker

A primeira-ministra britânica, Theresa May, está a caminho de Bruxelas, onde vai reunir-se esta manhã com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, confirmou Downing Street, após a UE ter anunciado um provável encontro.

Theresa May viaja acompanhada pelo ministro britânico para o ‘Brexit’, David Davis, devendo chegar a Bruxelas “pouco antes” das 06:00 (hora de Lisboa) para se encontrar com o presidente da Comissão Europeia e com o negociador chefe da União Europeia, Michel Barnier, detalhou Downing Street.

A Comissão Europeia anunciou, esta madrugada, uma provável reunião entre May e Juncker pelas 07:00 (06:00 em Lisboa), numa altura em que Londres e a União Europeia tentam alcançar um acordo sobre a primeira fase das negociações do ‘Brexit’.

Provável reunião entre Jean-Claude Juncker e Theresa May às 06:00 em Bruxelas

A primeira-ministra britânica e o presidente da Comissão Europeia vão “provavelmente” reunir-se esta manhã em Bruxelas, numa altura em que Londres e a União Europeia tentam alcançar um acordo sobre a primeira fase das negociações do ‘Brexit’.

“O presidente [da Comissão Europeia], Jean-Claude Juncker, e a primeira-ministra [britânica] vão provavelmente encontrar-se esta manhã às 07:00”, menos uma hora em Lisboa, anunciou a Comissão Europeia num breve comunicado.

Pub