A Comissão Europeia adotou hoje novas regras sobre o funcionamento dos drones na União Europeia (UE), para assegurar que operam em segurança e evitar que colidam com outras aeronaves, nomeadamente até 120 metros de altura.

Em causa está a adoção de um conjunto de regulamentos conhecido como “espaço U”, que vem introduzir “novos serviços para os operadores de drones”, permitindo-lhes “realizar operações mais complexas e de maior distância, particularmente em espaço aéreo congestionado, de baixo nível – abaixo dos 120 metros – e quando fora de vista”, informa o executivo comunitário em comunicado.

“O espaço U cria e harmoniza as condições necessárias para que as aeronaves tripuladas e não tripuladas possam operar em segurança, para evitar colisões entre drones e outras aeronaves, e para mitigar os riscos do tráfego de drones no solo”, acrescenta a instituição.