British Airways paga multa de 204 milhões após ataque informático

Roubo de dados de 380 mil cartões de pagamentos vale multa de agência brtânica de proteção de dados. Companhia brtiânica vai recorrer.

A British Airways anunciou esta segunda-feira ter sido multada em 204 milhões de euros pela agência britânica para a proteção de dados pessoais (ICO), na sequência do roubo de dados de centenas milhares de clientes da transportadora no ano passado.

“Estamos surpresos e desapontados” apontou, em comunicado, o presidente da British Airways, Alex Cruz.

“A British Airways respondeu rapidamente ao ato criminoso do roubo dos dados de clientes e não encontrou evidências de atividade fraudulenta nas contas afetadas por esse roubo”, acrescentou.

O presidente executivo da IAG, Willie Walsh, à qual pertence a transportadora britânica, já anunciou a sua intenção de apelar contra esta multa.

A British Airways tem 28 dias para rebater a multa que equivale a 1,5% da faturação da empresa mundial no exercício encerrado em 31 de dezembro de 2017.

Entre o dia 21 de agosto e o dia 05 de setembro mais de 380 mil pagamentos à British Airways efetuados através de cartão eletrónico foram alvo de um “sofisticado” ato de pirataria informática.

Segundo a companhia de aviação os pagamentos afetados foram efetuados através da página da internet e da aplicação móvel da British Airways.