Boavista vence Santa Clara e sobe a oitavo no arranque da 29.ª jornada

Boavista eficaz vence Santa Clara desinspirado

O central brasileiro Lucas Tagliapietra marcou o golo que permitiu aos ‘axadrezados’ somar mais três pontos e igualar o Santa Clara na tabela classificativa, com 38 pontos, mas com a equipa portuense no oitavo lugar e os açorianos no nono.

O Boavista, que vinha de uma derrota por 4-0 com o FC Porto, começou com uma linha de quatro defesas, sem os centrais Dulanto e Ricardo Costa, que alinharam de início frente ao FC Porto e hoje foram para o banco, e com Lucas Tagliapietra a fazer dupla no centro da defesa com Fabiano Leismann.

Depois de um triunfo histórico prante o Benfica, na Luz (4-3), o Santa Clara apresentou um ‘onze’ inicial com cinco alterações face ao que defrontou o Benfica (saíram Rafael Ramos, Rashid, Anderson Carvalho, Thiago Santana e Carlos Júnior e entraram Sagna, Candé, Nené, Cryzan e Lincoln).

No primeiro quarto de hora, as duas equipas equivaleram-se nas muitas decisões erradas e na muita luta pela bola e o melhor que esse período ofereceu foi o golo de Lucas Tagliapietra, aos 14 minutos. Bueno marcou um livre na esquerda e o central brasileiro antecipou-se à defesa contrária, cabeceou e fez o 1-0, assinalando, assim, o seu regresso à titularidade.

Daí para a frente, o conjunto açoriano procurou forçar o andamento, tomou mesmo conta do jogo e, aos 23 minutos, esteve muito perto do empate por duas vezes consecutivas. João Afonso atirou à barra e, na recarga, forçou Helton Leite a uma defesa de alto nível para evitar o golo.

Na ponta final da primeira parte, o Boavista conseguiu criar um lance de perigo na área do Santa Clara, quando Bueno trabalhou bem na esquerda, deixou um adversário para trás, entrou na área adversária e cruzou, mas para onde não estava ninguém para finalizar.

Os visitantes começaram melhor a segunda parte, mas também continuaram a cometer os mesmos erros e, desse modo, a facilitar a vida a um Boavista que acabou por segurar sem problemas de maior a vantagem conquistada cedo e que arriscou só o necessário.

O Santa Clara ficou-se por uma ou outra investida inconsequente e terá sido por isso que o treinador João Henriques decidiu fazer três substituições de uma vez aos 60 minutos, fazendo entrar Osama Rashid, Carlos Júnior e Thiago Santana, mas a desinspiração continuou e os ‘axadrezados’ conseguiram proteger bem a sua baliza.

Helton Leite voltou a ter trabalho digno de registo só aos 86 minutos, quando teve de sacudir para canto uma bola que sofreu um desvio inopinado em Carlos Júnior e seguia para a baliza.

Nos momentos finais da partida, acabou por ser o Boavista a criar uma situação de perigo, num lance em que Heriberto foi mais determinado do que um adversário, tendo, porém, finalizado o lance com um remate por alto.

 

RESUMO

CLASSIFICAÇÃO

POS. J V E D DG PTS
1
FC Porto
FC Porto 28 21 4 3 38 67
2
SL Benfica
SL Benfica 28 20 4 4 38 64
3
Sporting CP
Sporting CP 28 16 4 8 16 52
4
SC Braga
SC Braga 28 15 5 8 14 50
5
FC Famalicão
FC Famalicão 28 12 9 7 1 45
6
Rio Ave FC
Rio Ave FC 28 12 8 8 9 44
7
Vitória SC
Vitória SC 28 10 10 8 14 40
8
Boavista FC
Boavista FC 29 10 8 11 -5 38
9
Santa Clara
Santa Clara 29 10 8 11 -6 38
10
Moreirense FC
Moreirense FC 28 8 11 9 2 35
11
Gil Vicente FC
Gil Vicente FC 28 8 9 11 -5 33
12
FC Paços de Ferreira
FC Paços de Ferreira 28 9 4 15 -13 31
13
Vitória FC
Vitória FC 28 6 12 10 -13 30
14
Belenenses SAD
Belenenses SAD 28 8 6 14 -20 30
15
Tondela
Tondela 28 7 8 13 -12 29
16
CS Marítimo
CS Marítimo 28 6 10 12 -11 28
17
Portimonense
Portimonense 28 4 12 12 -16 24
18
Desportivo Aves
Desportivo Aves 28 4 2 22 -31 14

14 minutos – Golo do Boavista

Um golo do central Lucas ainda antes do minuto 15 vai dando vantagem ao Boavista na receção ao Santa Clara. Os açorianos, contudo, reagiram bem, criaram perigo e até já enviaram uma bola aos ferros da baliza contrária, mas não conseguiram, para já, bater Helton Leite, guarda-redes dos ‘axadrezados’.