Biblioteca de Angra do Heroísmo cria clube para estimular o gosto pela poesia

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, nos Açores, vai criar, este ano, um clube para estimular o gosto pela poesia e a criatividade dos participantes.

“‘Os Passos em Volta’ partiu de uma ideia de criar um clube que tivesse pessoas que gostassem essencialmente de poesia, porque na ilha não há e é uma maneira de estimular as pessoas”, adiantou, em declarações à Lusa, Luísa Ribeiro, poetisa e funcionária da biblioteca, responsável pelo clube.

O primeiro encontro está marcado para 01 de fevereiro e, a partir desse dia, quinzenalmente, às quintas-feiras, haverá leitura de poesia na biblioteca, com conversas sobres os poemas e os poetas, mas também com exercícios de escrita criativa.

“Tentaremos ler poemas de que todos gostem. Gostaria de fazer estudos sobre alguns poetas portugueses e podíamos também fazer jogos de poesia, tentando escrever poemas todos juntos”, referiu Luísa Ribeiro.

Ainda assim, a orientadora de ‘Os Passos em Volta’ assegura que “não é preciso ser poeta para pertencer ao clube, é só preciso gostar muito de poesia”.

O gosto de Luísa Ribeiro “cresceu dentro de casa”, onde “sempre se leu poesia”, sobretudo por influência do pai, que desde cedo começou a escrever.

“O poema faz sobreviver muitas vezes. Acho que traz vida à pessoa”, salientou.

A poetisa acredita que haverá procura por este projeto, até porque as iniciativas que tem realizado na biblioteca, e não só, têm contado com uma boa adesão.

“Há dois anos, fiz sessões no Verde Maçã [café] só de poesia e para meu espanto apareceu imensa gente e eu senti que as pessoas tinham realmente necessidade de estar perto do poema”, frisou.

E nem só o público mais velho tem aparecido para ler e ouvir poesia.

“Das vezes em que eu fiz coisas na ilha, apareceu bastante gente e gente muito interessada, até jovens. É muito importante começar a despertar nos jovens o apetite pelo poema”, realçou.

A biblioteca Luís da Silva Ribeiro tem vindo a promover encontros com escritores e, nesse sentido, o clube de poesia pretende também promover uma maior interação entre quem escreve e quem lê.

“Teremos algumas sessões de poesia e é sempre interessante ter público que entende o poema como ele é”, adiantou a responsável pelo clube.

Em 2017, Luísa Ribeiro iniciou, com 12 participantes, o clube de leitura ‘Folhas de Quinta’, que terá continuidade este ano, na biblioteca de Angra do Heroísmo, e os resultados fazem-na acreditar no sucesso do novo projeto.

“O grupo tornou-se muito uno. Nós damo-nos muito bem. Partilhamos imensas coisas através do livro, porque o livro traz imensos pensamentos e nós acabamos por falar de nós e das nossas experiências de vida, através do que lemos”, sublinhou.

Destinado ao público adulto, o clube de poesia ‘Os Passos em Volta’ tem 20 vagas e as inscrições terminam a 30 de janeiro.