Berta Cabral diz que o Ministro recusou-se a responder sobre a ampliação da pista da Horta

A deputada do PSD/Açores na Assembleia da República lamentou esta sexta feira que o Ministro das Infraestruturas “se tenha recusado a responder a uma questão sobre a ampliação da pista do Aeroporto da Horta”, considerando que, “mais uma vez, este governo da república parece ignorar os Açores”, disse.

Segundo recordou, “a questão da ampliação da pista do Aeroporto da Horta, e a construção das respetivas áreas de segurança, tem sido uma questão recorrente, sendo que a Assembleia da República já aprovou, e todas por unanimidade, várias resoluções sobre este assunto”, referiu.

Berta Cabral dirigiu-se a Pedro Nuno Santos na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação e, perante a recusa do governante, referiu que “quando não se responde é porque não se tem nada para dizer”, adiantou.

“Não há outra leitura”, diz a deputada do PSD, e “se não há nada para dizer é porque nada de relevante foi feito, o que nos leva a conclusão de que mais uma vez, os Açores não existem para este governo”, sublinhou.

Berta Cabral pretendia saber “o ponto da situação de todo o processo, no âmbito das negociações entre o Governo e a ANA/Vinci – cujo plano de investimentos é revisto de 5 em 5 anos -, sobre o novo aeroporto de Lisboa, que poderiam incluir a intervenção na Horta, ampliando a pista para pelo menos 2050 metros e assegurando as áreas de segurança”, explicou.

A social democrata lembrou ainda que são frequentes os cancelamentos de voos naquele aeroporto, além de que, “com o aproximar do verão, se perspetivam novas dificuldades, com os naturais reflexos que isso terá na economia local”, concluiu.