O Benfica renovou, este domingo, o título de campeão nacional de voleibol, ao derrotar a Fonte do Bastardo, por 3-0, nos Açores, no terceiro jogo da final do campeonato nacional.

Os ‘encarnados’ já tinham vencido por 3-0 no primeiro jogo, em casa, e no segundo, pelo mesmo resultado, na Praia da Vitória, na passada sexta-feira.

Os açorianos procuravam o terceiro troféu, mas o Benfica levou a melhor, conquistando o seu nono título de campeão nacional de voleibol, repetindo o feito alcançado na época 2018/19, última em que o campeonato chegou ao fim.

Apesar de as ‘águias’ terem vencido novamente por 3-0, a formação terceirense deu mais luta nesta partida, com parciais mais renhidos.

A equipa açoriana entrou melhor no jogo e esteve na frente do marcador, durante praticamente todo o tempo do primeiro ‘set’.

A perder por 12-8, o Benfica ainda empatou aos 12 pontos, mas a Fonte do Bastardo reforçou a vantagem e chegou a estar a cinco pontos de distância (19-14).

Os ‘encarnados’ voltaram a empatar aos 22 pontos e inverteram o resultado aos 23-24, acabando por vencer aos 25-27.

No segundo ‘set’, a equipa da casa perdeu a liderança no marcador mais cedo (4-5) e o Benfica foi aumentando gradualmente a vantagem (11-15), chegando a estar na frente por sete pontos (14-21).

A equipa lisboeta venceu o segundo ‘set’ com menor dificuldade por 19-25, mas esperava-a um terceiro parcial novamente renhido.

A Fonte do Bastardo voltou a deixar fugir cedo a liderança (5-6), mas não deixou o adversário isolar-se no marcador, mantendo sempre margens de um a dois pontos.

Os açorianos ainda chegaram a empatar 23-23, dando alguma esperança aos adeptos presentes no pavilhão na Praia da Vitória, mas o Benfica levou a melhor e venceu por 24-26, conquistando o título e fazendo a festa nos Açores.