PUB

O Benfica recebe o Sporting, no domingo, no dérbi da 16.ª jornada da I Liga de futebol, com a serenidade que a liderança destacada lhe proporciona, sob o olhar ansioso dos perseguidores FC Porto e Sporting de Braga.

A equipa ‘encarnada’ dispõe de seis pontos de vantagem sobre os minhotos e sete sobre o campeão nacional – ‘empatado’ (0-0) na ronda anterior pelo Casa Pia -, que recebem Boavista e Famalicão, respetivamente, enquanto os ‘leões’ foram derrotados pelo Marítimo por 1-0 e já estão a 12 pontos do rival.

A formação treinada pelo alemão Roger Schmidt impôs-se por 1-0 na receção ao Portimonense, desfazendo algumas dúvidas levantadas pela pesada derrota sofrida uma semana antes em Braga, por 3-0, a primeira na época 2022/23, após 28 jogos sem perder, no regresso da I Liga após a pausa para o Mundial2022.

PUB

O Benfica vai apresentar-se na máxima força frente ao rival lisboeta e, previsivelmente, com Enzo Fernández, recém-sagrado campeão mundial, de regresso ao meio-campo, depois de ter regressado com um golo na vitória no terreno do Varzim (2-0), para os ‘oitavos’ da Taça de Portugal, e ter viajado para a Argentina sem autorização do clube e faltado a um treino.

O desequilibrador brasileiro Neres já está recuperado da lesão na perna esquerda e o técnico alemão pode sempre contar com a veia goleadora do avançado Gonçalo Ramos, melhor marcador do campeonato, com nove golos, em igualdade com o iraniano Taremi, do FC Porto.

Para a equipa treinada por Rúben Amorim só a vitória permite manter ténues expectativas de chegar ao título, ainda que os ‘leões’ devam, em especial após o desaire na Madeira, concentrar a atenção nos outros lugares de acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada.

O Sporting, que até ganhou no Estádio da Luz na época passada, por 3-1, tem revelado gritante fragilidade fora de casa, com quatro derrotas, um empate e três vitórias (sobre Estoril Praia, Santa Clara e Famalicão, equipas próximas da zona de despromoção), enquanto o Benfica tem estado intratável no seu reduto, com um pleno de oito triunfos.

O Sporting de Braga, que subiu ao segundo lugar na jornada anterior, graças à goleada por 4-0 sobre o Santa Clara e ao empate do FC Porto, recebe no sábado o Boavista, oitavo classificado e vencedor de apenas um dos últimos sete jogos na prova, precisamente, o derradeiro, ante o Gil Vicente (1-0).

Os minhotos, que esperam poder capitalizar o dérbi lisboeta, contam com o bom momento de forma do avançado Ricardo Horta, terceiro ‘artilheiro’ da I Liga, com oito golos, dois dos quais perante o Santa Clara, apesar de terem já perdido oito pontos em casa, contra três na condição de visitante.

O FC Porto também acalenta a esperança de reduzir o atraso para a liderança, mas, para isso, terá de fazer melhor do que demonstrou com o Casa Pia, frente ao qual foi incapaz de marcar um único golo, mesmo tendo jogado durante toda a segunda parte em superioridade numérica, devido à expulsão de Lucas Soares nos anfitriões.

O treinador Sérgio Conceição continua privado de vários jogadores influentes, como os defesas Pepe e Zaidu e o avançado Evanilson, mas continuará a apostar na capacidade goleadora de Taremi para quebrar a resistência do Famalicão, 13.º posicionado, e reencontrar-se com os êxitos.

O Casa Pia, sensacional quinto colocado, é outro clube interessado no confronto entre os rivais lisboetas, uma vez que tem menos um ponto do que o Sporting e pode recuperar a quarta posição, entrando em ação na segunda-feira, no estádio do Estoril Praia (14.º).

No mesmo dia, o Vitória de Guimarães (sexto classificado) visita o Gil Vicente (16.º e antepenúltimo), no encontro de encerramento da 16.ª jornada do campeonato, que arranca na sexta-feira, com o embate entre Portimonense (11.º) e Santa Clara (15.º).

Programa da 16.ª jornada

Sexta-feira, 13 jan

  • Portimonense – Santa Clara, 20:15

Sábado, 14 jan

  • Vizela – Marítimo, 15:30
  • Rio Ave – Paços de Ferreira, 18:00
  • Sporting de Braga – Boavista, 20:30

Domingo, 15 jan

  • Desportivo de Chaves – Arouca, 15:30
  • Benfica – Sporting, 18:00
  • FC Porto – Famalicão, 20:30

Segunda-feira, 16 jan

  • Estoril Praia – Casa Pia, 19:00
  • Gil Vicente – Vitória de Guimarães, 21:15
Pub