Benfica com inédito endividamento inferior a 100 milhões num exercício

O administrador Domingos Soares Oliveira destacou hoje o facto de o Benfica ir fechar o exercício do segundo trimestre com um endividamento inferior a 100 milhões de euros, sendo 60 milhões relativos ao último empréstimo obrigacionista.

“É a primeira vez que vamos ter um exercício que fecha com um endividamento inferior a 100 milhões de euros”, elogiou o responsável, em entrevista à Benfica TV

O Benfica anunciou há uma semana um empréstimo obrigacionista de 35 milhões de euros, o que fará esse endividamento “subir para os 130 milhões de euros”.