Pub

O Benfica venceu hoje a Oliveirense por 97-91, na segunda meia-final da Taça Hugo dos Santos em basquetebol, e ‘agendou’ encontro com o Sporting no domingo, no mesmo pavilhão, em Sines, na final da competição

Com o base Frank Gaines a assinar quase um terço dos pontos (31) da equipa, os ‘encarnados’ garantiram o triunfo com uma boa reação no terceiro período, apesar da boa réplica do conjunto de Oliveira de Azeméis, e vão à procura, no domingo, de somar o sétimo troféu do seu palmarés.

Gaines assumiu, desde o primeiro minuto, o protagonismo na hora de lançar ao cesto (oito pontos no primeiro período) e, com Betinho Gomes a dominar a luta das tabelas, o Benfica adiantou-se, desde logo, para uma vantagem de sete pontos (26-19).

O início do segundo período foi marcado por alguma ineficácia, mas com a Oliveirense, em melhor plano, a conseguir um parcial de 6-0 para reduzir a desvantagem (26-25) nos primeiros cinco minutos, antes de as duas equipas ‘dispararem’ e chegarem ao intervalo empatadas (40-40) graças a uma segunda metade do período novamente favorável aos nortenhos (15-14).

O ritmo ‘frenético’ manteve-se ao longo do terceiro período, que após cinco minutos de equilíbrio de parte a parte (15-14), terminou com um parcial de 31-23 favorável às ‘águias’, depois de a equipa de Norberto Alves ganhar ascendente na reta final para entrar nos últimos 10 minutos a vencer por 71-63.

A vantagem conquistada no terceiro quarto foi crucial para os ‘encarnados’, pois, apesar de um novo parcial favorável de 13-7 na primeira metade do último período, que ‘cavou’ uma diferença de 14 pontos (84-70), a Oliveirense nunca ‘desarmou’ e conseguiu reduzir para os 97-91 finais.

O Benfica vai, assim, defrontar o Sporting na final da Taça Hugo dos Santos, que se realiza no domingo, às 18:00, no mesmo Pavilhão Multiusos de Sines, onde também hoje os ‘leões’ venceram o FC Porto por 82-76 na primeira meia-final.

Será o terceiro encontro entre ‘águias’ e ‘leões’ neste mês, tendo o Sporting levado a melhor nos dois desafios anteriores, por 74-63, na Liga portuguesa, e 72-64, na FIBA Europe Cup.

Jogo no Pavilhão Multiusos de Sines.

Benfica-UD Oliveirense, 97-91.

Ao intervalo: 40-40.

Sob a arbitragem de Sérgio Silva, Rui Ribeiro e Bruno Maciel, as equipas alinharam e marcaram:

– Benfica: Frank Gaines (31), José Barbosa (13), Makram Romdhane (15), Betinho Gomes (9) e Dennis Clifforrd (2). Jogaram ainda Aaron Broussard (15), Travis Munnings (8), José Silva (2), e Arnette Hallman (2).

Treinador: Norberto Alves.

– Oliveirense: Shaun Willett (22), Derrick Colter (21), Ricardo Monteiro (3), Zane Waterman (22) e João Balseiro (5). Jogaram ainda João Grosso (4), João Guerreiro (7), Carlos Dotson (4), Pedro Catarino (3) e Francisco Albergaria.

Treinador: João Figueiredo.

Marcha do marcador: 12-9 (05 minutos), 26-19 (primeiro período), 26-23 (15 minutos), 40-40 (intervalo), 55-54 (25 minutos), 71-63 (terceiro período), 84-70 (35 minutos) e 97-91 (resultado final).

Assistência: cerca de 300 espetadores

Pub